• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com estratégias criativas, empresas capixabas espantam a crise e expandem negócios

  • COMPARTILHE
Economia

Com estratégias criativas, empresas capixabas espantam a crise e expandem negócios

Com a sinalização de melhora na economia, empresários querem estar preparados para a retomada nas vendas

Redação Folha Vitória

Usando estratégias criativas, fortalecendo a relação com o cliente e investindo em qualificação dos colaboradores, empresas capixabas estão passando pela crise e, inclusive já estão expandindo os negócios e se preparando para o reaquecimento da economia. 

É o caso da Rede  Extrabom Supermercados,  que inaugurou em setembro mais uma unidade da no Bairro Cruzeiro do Sul, em Cariacica. Segundo o gerente de Marketing da empresa, Yuri Correa, já é possível observar uma melhora no mercado, mas a expansão se deve também a outros fatores. 

"É claro que passamos por um momento de maior prudência, racionalizando os investimentos, mas é preciso saber que uma hora essa crise vai passar e precisamos estar bem preparado para atender a expectativa de nossos clientes". 

Além da abertura de mais uma loja, a rede também está reformando e expandindo outras unidades, segundo o gerente. "No momento estamos reformando a unidade de Jardim América, já concluímos a reforma na Praia do Suá e ampliamos em 50% a loja do bairro Feu Rosa", disse. 

Ainda de acordo com o gerente, além do investimento na parte física a empresa também focou em tecnologia para atravessar essa fase. "É importante oferecer alternativas para o cliente e fazer diferente. Nós somos uma empresa genuinamente capixaba e queremos oferecer o que há de melhor para nosso público", destaca.  

A Rede Extrabom  Supermercados atualmente possui 3.700 colaboradores e  23 lojas distribuídas nas cidades de Cariacica, Colatina, Guarapari, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória. A rede oferece também conta com serviço de E-commerce. 

Já a rede de lojas de tintas Tinbol apostou na aproximação com o cliente. Segundo o diretor comercial da rede, Lésio Contarini Jr. o setor sentiu a crise, mas a rede conseguiu passar pela recessão, minimizando os impactos. "Nós acreditamos que o momento iria passar o fomos atrás dos nosso clientes com diversas abordagens. O resultado é que, apesar de ter diminuído o ritmo,  nossa empresa não deixou de crescer no período", contou. 

A Tinbol abriu uma nova loja em Laranjeiras no último dia 30 de setembro. "Também fizemos um trabalho de mídia para chegar aos novos clientes, além de abusarmos de estratégias de vendas criativas. Estamos com planos para abrir mais uma loja no próximo semestre, em Cariacica", comentou Lésio. 

Quem também não perdeu tempo e nem espaço no mercado foram as lojas Dalla Bernadina, especializada em acabamentos  e revestimentos. Segundo o consultor  da empresa Márcio Paulo Silva, a estratégia foi absorver espaços deixados por outras lojas do segmento no mercado. 

"Nós buscamos absorver a demanda em locais onde outras lojas acabaram fechando e prestando bons serviços para os nossos clientes", afirmou. Com esse foco, a Dalla Bernadina abriu uma loja em São Mateus, no último dia 28 de setembro. 

Ainda segundo o consultor, já é possível perceber uma melhora no mercado. "Ainda não é nada acentuado, mas está melhor se comparado ao ano passado. Sabemos que o mercado tem seus altos e baixos, mas buscamos prestar o melhor serviço sempre", comenta. A empresa também ampliando as lojas já existentes. 

Além de ter aproveitado os espaços no mercado, a Dalla Bernadina também apostou no investimento no colaborador, em tecnologia da informação e em logística. "Desde 2014, adotamos várias ações e por isso hoje é possível que a gente saia desse momento com essa expectativa de melhora", destaca.  A Dalla Bernadina possui outras três lojas, em Vila Velha, Serra e Vitória.