Inspeção anual de carretas não está acontecendo, afirma Sindirochas

Geral

Inspeção anual de carretas não está acontecendo, afirma Sindirochas

Para intensificar as ações de fiscalização, diversos órgãos formam uma verdadeira força tarefa no Espírito Santo

Redação Folha Vitória

Uma força tarefa foi criada com a proposta de melhorar a logÍstica de rochas nas estadas e diminuir acidentes que envolvem estes veículos. No entanto, representantes do Sindicato de Rochas (Sindirochas) afirmam que a inspeção anual das carretas não está acontecendo.

O presidente do Sindirochas, Talles Machado, explica que a resolução diz que os veículos que transportam chapas de granito precisam da inspeção, mas não sabe por que não está sendo feita. "As carretas que transportam blocos são inspecionadas todo ano e no próprio documento tem a autorização especial e o que foi inspecionado. Acredito que agora deve passar a ser feita essa inspeção e já vai ser mais uma evolução", disse o presidente.

A ideia da força tarefa firmada entre o Ministério Público Estadual (MPES), o Governo do Estado, Sindicato de Rochas e Sindicato dos Transportes é que a fiscalização aconteça a partir dos locais de extração da matéria prima até o destino final.

Para o promotor de Justiça do MPES Pedro Ivo Souza, é necessário que forças sejam somadas para identificar o que está faltando para que a fiscalização aconteça. "Pode ser que seja a melhoria do equipamento, um melhor efetivo ou um melhor estudo sobre onde concentrar forças. A partir disso, a frente intensifica os recursos que temos e, junto com os parceiros, fazer nossas atuações", disse.

O promotor ainda explica que a partir desta soma de forças será possível a fiscalização ser realizada desde a origem, e não somente no transporte das cargas. "São várias frentes que a gente possui visibilidade para que as ações possam ser realizadas", afirma.