Vítima de acidente na BR 101, diretora de escola em Viana é velada em Cariacica

Geral

Vítima de acidente na BR 101, diretora de escola em Viana é velada em Cariacica

Maria de Lourdes chegou a ser socorrida com vida e não teve ferimentos durante o acidente. A família ainda busca respostas sobre causa do acidente

Redação Folha Vitória

Familiares e amigos se reuniram na manhã desta quinta-feira (12) para o velório da diretora escolar que morreu no acidente registrado na BR 101, em Viana. Maria de Lourdes Coutinho Novaes, 65 anos, não sofreu queimaduras ou escoriações aparentes, por isso a causa da morte ainda é uma dúvida. De acordo com familiares da vítima, Maria de Lourdes teria morrido em decorrência de um infarto.

O velório de Maria de Lourdes aconteceu na residência em que ela morava, no bairro Santana, em Cariacica. A filha da vítima também trabalha na área da educação e precisou ser amparada durante a despedida da mãe.

Familiares contaram que a diretora escolar seguia para uma confraternização quando o acidente aconteceu. Ela chegou a ser resgatada do veículo em que estava, mas logo em seguida passou mal. A suspeita da família é que ela tenha sofrido um infarto.

O genro da vítima, Adnivaldo Ramos, contou que a família ainda aguarda para saber a causa da morte. "Há uma suspeita de ser um caso de parada cardíaca, mas a gente não sabe ao certo. Esperamos o laudo que vai dizer", disse.

Maria de Lourdes era filha única e a responsável pelos cuidados com o pai de 89 anos. Os dois moravam na mesma casa. No velório da filha, o aposentado Mário Gomes Coutinho afirmou que a filha sempre foi dedicada e muito esforçada. "Ela era uma pessoa maravilhosa", disse.

Para a família, a prisão de Wesley Montovanelli, apontado pela polícia como o responsável pelo acidente, não vai trazer a educadora de volta. "Hoje em dia o trânsito tem muita imprudência. O que precisa mais é educação dos motoristas", disse o pai da vítima.

No acidente, além de Maria de Lourdes, outras três pessoas morreram. A batida aconteceu no final da manhã dessa quarta-feira (11) e evolveu nove veículos, sendo seis carros de passeio, duas carretas e um caminhão.