Cachoeiro tem queda de 63% dos homicídios nos últimos nove anos

Polícia

Cachoeiro tem queda de 63% dos homicídios nos últimos nove anos

O ano de 2008 teve o maior índice desse tipo de crime nas últimas décadas, e desde então, os registros começaram a ser computados pela Polícia Civil. No primeiro semestre de 2016, a queda foi de 50%

Redação Folha Vitória

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que reúne representantes das forças de segurança que atuam em Cachoeiro, teve um encontro nesta semana para a reunião mensal, que teve como pauta principal a queda de 63% na quantidade de homicídios nos últimos nove anos do município. Além disso, foram debatidos os principais avanços e ações na área da segurança.

Os dados de homicídio são relativos aos primeiros semestres computados desde 2008, ano que teve um dos maiores índices desse tipo de crime nas últimas décadas. Na primeira metade do ano, 2017 mostra queda também na comparação com 2012 e 2015, com 31%, e com 2016 com 50%.

“Um dos fatores principais para diminuição de assassinatos e outros crimes é a aproximação gerada essa integração da segurança. É um momento importante, quando cada força de segurança pode compreender melhor as dificuldades e as propostas da outra instituição. As ações são adaptadas de forma mais ágil e implantadas de modo mais integrado”, afirma o secretário municipal de Defesa Social, Ruy Guedes Junior.

No campo das ações promovidas, o titular da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV), Guilherme Eugênio Rodrigues, destaca a contribuição do levantamento mais completo de dados nas áreas de tráfico de drogas. “Temos atuado nos últimos anos com núcleos de inteligência em áreas de tráfico com mais homicídios. A intenção é desestruturar a rede de crimes, inclusive observando quadrilhas que não matam nas áreas onde atuam”, completa.