• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Suspeitos de cometerem duplo assassinato na Serra são presos

  • COMPARTILHE
Polícia

Suspeitos de cometerem duplo assassinato na Serra são presos

O crime aconteceu no mês passado em um bar no bairro Jardim Tropical. Os policiais disseram que as vítimas eram inocentes

Redação Folha Vitória

Estão presos os suspeitos de cometerem um duplo assassinato em Jardim Tropical, na Serra. O crime aconteceu no mês passado. Segundo a polícia, as vítimas eram inocentes. Cleyton dos Reis, de 18 anos, e William de Souza, de 27 anos, segundo a polícia, são os responsáveis pelas mortes de Izaque Dornelas Ribeiro Silva e Romário Santos de Jesus.

A prisão de um dos investigados foi realizada na última quinta-feira (13) pela Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) da Serra. "Cleyton foi detido na região da favelinha quando estava no portão da residência. Ele tentou fugir pelos fundos, mas foi montado um cerco e conseguimos realizar a prisão dele. Já o outro suspeito de ter atirado foi detido pela Polícia Militar no dia 9, no domingo, por porte ilegal de arma de fogo e hoje será dado ciência ao respectivo mandado de prisão dele com relação a esse homicídio", disse o delegado Rodrigo Sandi Mori.

O crime aconteceu em um bar. Testemunhas relataram que os suspeitos chegaram de carro. Cleyton e Wilian desceram do veículo e efetuaram os disparos, mas contaram com a ajudada de um adolescente, de 17 anos, que os levou até o local. Esse menor também já foi identificado. "Nós vamos representar pela busca e apreensão dele também", afirmou o delegado.

As investigações que apontaram William e Cleyton como os responsáveis pelas duas mortes durou aproximadamente 30 dias. Durante esse período, várias testemunhas foram ouvidas. Mas um fato chamou a atenção da polícia. É que Cleyton foi detido dois dias após ao duplo assassinato com o veículo que foi utilizado no crime. Na ocasião, ele chegou a ser autuado por receptação, mas foi liberado. A partir daí todas as atenções foram voltadas para ele.

O duplo assassinato chamou a atenção dos moradores de Jardim Tropical. Segundo a polícia, as vítimas não tinham envolvimentos com crimes, não possuíam inimizades e em momento algum reagiram a ação da dupla.

"Efetuaram disparos covardemente nas duas vítimas. Um deles foi atingido por disparos de arma de calibre 12 nas costas. Os dois trabalhavam e não tinha envolvimento com nada de ilícito. Morreram de graça sem dever nada. Não eram nem usuários de droga", destacou Sandi Mori.

Os dois homens presos já tinham passagens pela Justiça. Cleyton já foi autuado por receptação e William por porte ilegal de armas, tráfico de drogas, além de ser investigado em outro homicídio na Serra.