Homem é baleado após reagir a abordagem policial em Vitória

Polícia

Homem é baleado após reagir a abordagem policial em Vitória

Imagens gravadas pelos moradores do bairro mostram o momento em que o suspeito tenta agredir os policiais

Redação Folha Vitória

Um homem de 24 anos, suspeito de tráfico de drogas, acabou baleado por uma cabo da Polícia Militar após tentar reagir de forma violenta a uma abordagem policial na noite deste sexta-feira (11), no bairro Jesus de Nazareth, em Vitória.

As imagens que mostram o início de toda a confusão foi registrada pelos próprios moradores. No vídeo é possível observar o momento em que os dois policiais militares tentavam imobilizar o suspeito identificado como Josué Aprijo dos Reis. Ele resiste, consegue se levantar e insiste em não obedecer a ordem dada pelos PMs.

Com isso, a militar atira. A bala não atinge o suspeito e ele continua resistindo. Mais um disparo é efetuado, acerta a perna do homem e os policiais pedem reforço. Mesmo ferido, o suspeito não se entrega facilmente. Os militares pedem que os moradores se afastem e chegam a ser ameaçados pela população.

De acordo com a polícia, toda a confusão começou quando militares faziam o patrulhamento preventivo pelo bairro. Em uma determinada rua, havia um grupo com cerca de dez pessoas. Com a chegada da viatura, as pessoas se dispersaram e cada um correu para um lado. Os policiais conseguiram abordar três jovens, mas Josué não teria aceitado ser revistado.

O suspeito alega que não estava com nada, mas a polícia afirma que foram encontradas algumas buchas de maconha com ele. Josué já havia sido detido anteriormente por tráfico. Fato confirmado pelo suspeito.

Devido ao ferimento na perna, o suspeito foi levado pelos policiais militares para o Hospital São Lucas. Em seguida, foi encaminhado para a Delegacia Regional de Vitória, onde mais uma vez foi autuado por tráfico de drogas. Na manhã deste sábado (12) ele foi transferido para o Centro de Triagem de Viana.

Veja a reportagem completa exibida no programa Balanço Geral!


Para o comandante-geral da PMES, coronel Nylton Rodrigues, a atitude dos policiais foi correta. "Os policias realizaram uma abordagem e o indivíduo reagiu violentamente. Quando alguém reage violentamente à uma ação policial, este indivíduo assume para si as consequências. O agressor tem passagem por roubo, tráfico de drogas e porte de armas. Os policiais agiram com profissionalismo", disse.

Veja a entrevista com o coronel Nylton Rodrigues:

http://www.folhavitoria.com.br/videos/2017/08/15025599031686277242.html