Mais de 200 kg de carne são apreendidos durante operação em Mimoso do Sul

Polícia

Mais de 200 kg de carne são apreendidos durante operação em Mimoso do Sul

Todo o material apreendido, considerado impróprio para consumo, foi encaminhado para o aterro sanitário, em Cachoeiro de Itapemirim, onde foi inutilizado. O proprietário do estabelecimento foi autuado em flagrante

Redação Folha Vitória

Um comerciante, de 32 anos, foi autuado em flagrante na tarde desta quinta-feira (10), depois que a Polícia Civil de Mimoso do Sul, apreendeu cerca de 220 quilos de carne imprópria para consumo. A ação teve o apoio do IDAF e da Vigilância Sanitária do município.

De acordo com o delegado Rômulo Carvalho Neto, as investigações começaram há alguns meses, quando a polícia começou a receber informações de furtos e roubos de gado no município. "Durante as investigações, recebemos informações de que esse estabelecimento vendia carne de procedência duvidosa", explica.

Na ação foram apreendidas carnes de porco, boi e galinha, além de ovos. "A operação teve como intuito coibir a prática de furtos na zona rural de Mimoso. Não sabemos a procedência dessa carne, de pode ou não ser produto de furto ou roubo", continua o delegado.

Segundo ele, o comerciante disse que a carne apreendida não era vendida no estabelecimento. "Ele disse que dava aos clientes, que compravam cerveja na mercearia. Disse que o boi ele comprou dias atrás, e que cria galinha e porco em casa. Vamos continuar as investigações para apurar a procedência", ressalta.

Rômulo frisa ainda que será montada uma Força Tarefa entre o IDAF, a Polícia Civil e a Vigilância Sanitária do município, para realizar fiscalização em outros estabelecimentos da cidade. O comerciante foi autuado em flagrante pelo crime contra as relações de consumo e foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro.

Já a carne, foi recolhida e apreendida pelo IDAF e levado para o aterro sanitário de Cachoeiro, onde foi inutilizada, já que estava imprópria para consumo.