'Mapa da Violência' criado por moradores aponta áreas de risco em bairro de Vila Velha

Polícia

'Mapa da Violência' criado por moradores aponta áreas de risco em bairro de Vila Velha

A população criou um mapa com os locais com maior incidência da ação de bandidos

Redação Folha Vitória

Cansados de tanta violência, os moradores do bairro Alvorada, em Vila Velha, criaram um mapa de violência para identificar os locais onde existem maior incidência de ações de criminosos. Na região, cartazes foram espalhados alertando quanto ao uso do celular.

Desde o início deste ano, um levantamento apontou 40 locais de risco no bairro. Nas ruas, é comum encontrar quem tenha alguma história para contar. "Não temos segurança. Isso é claro e evidente pelas mensagens que recebemos dos vizinhos", conta um morador que preferiu não ser identificado.

No mapa criado pela comunidade, uma das ruas consideradas mais perigosa é a Estrela Dalva. Além dos assaltos constantes, moradores reclamam que os arrombamentos também se tornaram parte da rotina. O aposentado José Elias Lovato relata a experiência que viveu e presenciou no bairro. "Na minha casa roubaram todas as ferramentas. Em frente à um prédio, quando a mulher abriu o portão, um rapaz passou, pegou o celular e saiu correndo", disse.

Um autônomo de 37 anos, que também não quis se identificar, conta que também teve a casa invadida durante a madrugada e só percebeu a ação quando acordou. "Todas as ferramentas elétricas que eu tinha, ele levou. A pessoa entra em nossa casa, fica 15 minutos e a gente não tem o direito de se defender", desabafa um morador que preferiu não ser identificado.

Diante das reclamações constantes, a reportagem foi em busca de respostas. Por nota, a Polícia Militar informou que na noite dessa terça-feira (12) foi realizada uma reunião com a comunidade. Representantes e moradores devem se unir a outros bairros da região para a formação de um conselho de segurança.