• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

CNI alerta para peso de tributos e encargos no setor elétrico

  • COMPARTILHE
Economia

CNI alerta para peso de tributos e encargos no setor elétrico

Atualmente, os impostos, taxas e encargos respondem por 45% do valor da conta.

O presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Braga de Andrade, disse nesta quarta-feira, 21, que os empresários devem estar atentos às discussões sobre o setor elétrico em curso no Congresso Nacional, para evitar criação de novos tributos sobre a conta de luz. Hoje, os impostos, taxas e encargos respondem por 45% do valor da conta.

"No passado recente, em quase todas as mudanças setoriais aprovadas no Congresso Nacional, foram sancionadas novas taxas ou encargos sobre a conta de luz", afirmou, durante a abertura do seminário "Setor Elétrico: Enfrentando os Desafios", promovido na sede da entidade. "Todos esses tributos foram criados com bons propósitos e com argumentos defensáveis, em sua forma individual, mas não em seu conjunto."

O peso dessas obrigações é hoje um entrave aos novos investimentos e tema "fundamental" para a competitividade do setor produtivo brasileiro, afirmou.

O presidente da CNI defendeu a privatização da Eletrobras. "Uma das razões será receber investimentos necessários sem as amarras do controle público e com a agilidade do setor privado", disse. "A privatização também avança na direção de libertar a empresa de possíveis ingerências políticas, que tantos prejuízos já causaram ao Brasil."