• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dadalto inaugura loja 'compacta' na Serra e deve gerar 200 vagas de emprego em 3 anos no ES

  • COMPARTILHE
Economia

Dadalto inaugura loja 'compacta' na Serra e deve gerar 200 vagas de emprego em 3 anos no ES

A rede de lojas lança um novo modelo de empreendimento com a proposta de atender novas regiões com a qualidade Dadalto

Iures Wagmaker

Redação Folha Vitória
Loja Dadalto no Centro de Vitória | Foto: Folha Vitória

Uma das mais tradicionais redes de lojas do Espírito Santo está ampliando o mercado e se prepara para mais um projeto de expansão. Nesta terça-feira (20), a Dadalto inaugura mais uma unidade em Laranjeiras, na Serra, dando o pontapé inicial para o novo modelo de franquias da rede.

De acordo com a gerente de Marketing e Recursos Humanos, Rosiane Vargas Dadalto, a rede pretende abrir 25 novas lojas nos próximos três anos, em diversas regiões do Estado. Com variação nos tamanhos dos empreendimentos, as novas unidades devem gerar de 150 a 200 novas vagas de emprego para os capixabas.

Essa nova unidade estará localizada na Segunda Avenida, em Laranjeiras. A loja Dadalto Casa, com um tamanho compacto, vai oferecer um mix voltado para utilidades do lar, como artigos de cama, mesa e banho, além de lazer, eletros e telefonia celular. A abertura dessa unidade vai representar a volta do atendimento ao público da Serra e região.

Segundo o Gerente de Operações, Luciano Sabatini, as lojas previstas neste projeto serão compactas e bem estruturadas, permitindo que consumidor encontre produtos de boa qualidade, nacionais e importados que já estão acostumados a encontrar nas demais lojas da rede.

Para Rosiane, o novo modelo de empreendimento deve representar uma expansão no atendimento da Dadalto aos capixabas. "Essa é uma forma de estarmos presentes em municípios relevantes do Espírito Santo onde ainda não havíamos chegado", disse.

Sobre a reabertura das lojas Dadalto nos shoppings da Grande Vitória, Rosiane explicou que ainda não há previsão, mas pode acontecer. "Todas as regiões que pretendemos abrir as lojas já estão mapeadas, mas dependemos do interesse dos franqueados interessados. Pode haver reabertura nos shoppings também", afirmou. As lojas já existentes da rede serão mantidas em funcionamento no mesmo modelo atual.