• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Não há indícios de aceleração inflacionária nos EUA, diz presidente do Fed

  • COMPARTILHE
Economia

Não há indícios de aceleração inflacionária nos EUA, diz presidente do Fed

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, afirmou que não há sinais de que os índices de preços ao consumidor estão perto de acelerar seu ritmo nos EUA. "Ficaríamos preocupados se a inflação se desviasse da meta de 2% no longo prazo", comentou.

De acordo com Powell, o Federal Reserve observou pressões muito suaves sobre a inflação e salários desde a Grande Recessão de 2008. "Podemos usar nossa ampla gama de instrumentos de política monetária caso o cenário mude", comentou.

Para Jerome Powell, é necessário observar a evolução da economia americana para que o banco central dos EUA adote a decisão mais apropriada em relação à condução dos Fed Funds. "Novas altas graduais dos juros levarão a atingir os objetivos do Federal Reserve".

O presidente do Fed ainda comentou que faz sentido o baixo ritmo de expansão dos salários médios por hora nos EUA devido às fracas produtividade e inflação no país. Os salários médios por hora avançaram 2,6% em fevereiro, em termos anuais, e desde o ano passado, em geral, a velocidade de alta fica muito próxima de 2,5% na mesma base de comparação. "A produtividade tem estado fraca desde a crise financeira", observou Powell.

Segundo ele, não há a intenção de revisar o plano de redução do balanço do banco central americano. "O tamanho do balanço no longo prazo dependerá da demanda pública por reservas", destacou.