• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Salário de admissão cai 2,2% em fevereiro ante janeiro, mostra Caged

  • COMPARTILHE
Economia

Salário de admissão cai 2,2% em fevereiro ante janeiro, mostra Caged

Entre os setores da economia, a indústria extrativa é o segmento que tem mais diferença salarial entre demitidos e contratados


O salário médio de admissão no mercado de trabalho formal registrou queda real de 2,2% em fevereiro em relação a janeiro de 2018, para R$ 1.502,68, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 23, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Na comparação com fevereiro de 2017, ao contrário, houve aumento real de 2,6%.

Como tem ocorrido nos últimos meses, o salário dos novos empregados ficou abaixo do que era recebido pelos trabalhadores demitidos em fevereiro. Na média, o salário dos demitidos foi de R$ 1.662,95. Os que entraram no mercado de trabalho, portanto, recebem o equivalente a 87,31% dos que foram demitidos.

Entre os setores da economia, a indústria extrativa é o segmento que tem mais diferença salarial entre demitidos e contratados: o salário médio dos que entraram é 68,4% da renda média dos demitidos em fevereiro.

Na indústria, a proporção é inferior à média da economia e ficou em 79,5%. A agropecuária é o ramo da economia em que contratados e demitidos recebem basicamente a mesma coisa: os novos salários equivalem a 99,6% da renda dos que deixaram os empregos.