• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Indústria elétrica e eletrônica contratou 4.625 de janeiro a março, diz Abinee

  • COMPARTILHE
Economia

Indústria elétrica e eletrônica contratou 4.625 de janeiro a março, diz Abinee

A indústria de materiais e equipamentos elétricos e eletrônicos contratou 4.625 trabalhadores com carteira assinada de janeiro a março, segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Para o presidente da entidade, Humberto Barbato, trata-se do melhor primeiro trimestre em termos de contratações desde 2013, quando o número de novas vagas somaram 5.193 de janeiro a março.

"A expansão observada do emprego reflete uma gradual recuperação da atividade produtiva do setor eletroeletrônico", afirma o executivo.

Em março, o setor registrou 542 carteiras profissionais, segundo levantamento feito pela Abinee na base de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

Se comparado com fevereiro, mês em que o setor contratou 2.709, apesar de positivo as contrações desaceleraram. Foram também em número menor se comparadas com as 1.374 contratações feitas em janeiro.

No período de 12 meses encerrados em março, a indústria elétrica e eletrônica abriu 3.086 novas vagas. Com o resultado do primeiro trimestre o número total de empregados diretos passou de 234,2 mil em dezembro de 2017 para 238,8 mil em março.

"Apesar do crescimento, o setor ainda não recuperou as perdas recentes nos níveis de emprego. Em dezembro de 2014, a indústria elétrica e eletrônica empregava 294 mil trabalhadores", compara Barbato.