• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

BCE está se aproximando do fim da compra de ativos, diz chefe de BC francês

  • COMPARTILHE
Economia

BCE está se aproximando do fim da compra de ativos, diz chefe de BC francês

O Banco Central Europeu (BCE) está se aproximando do fim de suas compras líquidas de ativos e precisará atualizar suas diretrizes sobre seu primeiro aumento de juros, disse hoje o presidente do Banco Central da França, François Villeroy de Galhau.

Segundo Villeroy de Galhau, o BCE ainda não viu o ajuste sustentado na trajetória de inflação que seria necessário para interromper suas compras líquidas mensais de 30 bilhões de euros (US$ 36 bilhões), dentro do chamado programa de relaxamento quantitativo (ou QE, pela sigla em inglês).

Mas o chefe do BC francês, que integra o conselho diretor do BCE, disse que a atual desaceleração da inflação na zona do euro é "claramente temporária" e que a autoridade monetária não vai adiar o fim do QE para ajudar governos locais a superar problemas com dívidas.

"O momento em que nossas compras líquidas de ativos terminarão está se aproximando", disse Villeroy de Galhau durante conferência no Banco Central da França.

O BCE prevê continuar com suas compras mensais de 30 bilhões de euros em ativos até pelo menos setembro. Se as compras acabam em setembro ou dezembro não é "uma profunda questão existencial", disse Villeroy de Galhau.

À medida que for concluindo o QE, o BCE precisará ajustar suas diretrizes sobre políticas futuras, disse o comandante do BC francês. Atualmente, o BCE afirma que manterá os juros nos atuais níveis baixos "bem depois" do fim do QE.

"Em relação à primeira alta de juros, poderíamos dar uma diretriz adicional sobre o momento que ocorrerá", argumentou Villeroy de Galhau. Fonte: Dow Jones Newswires.