• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Combustível chega escoltado ao aeroporto de Viracopos

  • COMPARTILHE
Economia

Combustível chega escoltado ao aeroporto de Viracopos

O primeiro comboio de caminhões-tanque com combustível para aviões que deixou a Refinaria de Paulínia (Replan), no interior de São Paulo, escoltado pelas tropas do Exército, chegou por volta das 19h deste sábado, 26, ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos confirmou a entrada do comboio no terminal. Não havia informação sobre a quantidade de combustível levada ao aeroporto.

Esse abastecimento garante a normalidade dos voos até a noite de domingo, segundo a assessoria do aeroporto. Sete voos foram cancelados neste sábado (quatro previstos para sair e outros três para chegar a Viracopos) no terminal, que estava sofrendo com a falta de combustível provocada pela greve dos caminhoneiros.

No início da tarde, tropas do Exército ocuparam os acessos da Replan, maior refinaria de petróleo da Petrobras. Por volta das 13h40, caminhões, ônibus e viaturas da 11ª Brigada de Infantaria Leve, sediada em Campinas, formaram um cordão nos portões de entrada da Replan, obrigando os caminhoneiros em greve a deixarem o local.

Empresas de ônibus - Com escolta da Polícia Militar, caminhões-tanque estão deixando desde o fim da tarde deste sábado o terminal de petróleo da Petrobras, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para abastecer empresas de ônibus da região. Os caminhoneiros continuavam na entrada do terminal, mas já tinham conhecimento do acordo firmado pelo governador Márcio França (PSB) e se preparavam para retirar os caminhões do entorno.

Havia expectativa de que o abastecimento nos postos fosse retomado ainda durante a noite. A prefeitura de Ribeirão Preto, no entanto, ainda mantinha a suspensão do transporte coletivo neste domingo.

Um acordo entre a Polícia Militar, o Sindicato dos Transportadores de Combustíveis e a Associação Valeparaibana de Empresas de Transportes de Passageiros está permitindo a saída de caminhões com combustível da Base de Abastecimento da Petrobras em São José dos Campos, interior de São Paulo para abastecer empresas de transporte coletivo. O acordo foi intermediado pela prefeitura de São José.

Os caminhões estão sendo escoltados pela Polícia Militar e por soldados da 12ª Brigada de Infantaria Leve do Exército, sediada em Caçapava. Foi definida uma quota mínima de 54 mil litros de diesel para São José dos Campos e de 15 mil litros para Taubaté, Jacareí e Pindamonhangaba. O acordo prevê também o envio de combustível para a cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo. No início da noite deste sábado, havia ainda concentração de caminhoneiros nas rodovias Dutra, Carvalho Pinto e D.Pedro I.