• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Feira Orgânica do Modelódromo no Ibirapuera tem movimento abaixo do normal

  • COMPARTILHE
Economia

Feira Orgânica do Modelódromo no Ibirapuera tem movimento abaixo do normal

O movimento de frequentadores e de produtores foi um pouco abaixo do normal na manhã deste sábado, 26, na tradicional Feira Orgânica do Modelódromo, realizada em frente à Praça Ayrton Senna, no Ibirapuera, zona sul da cidade de São Paulo.

Segundo relatos de permissionários, ao menos seis das mais de 30 bancas da feira não funcionam nesta sábado. O impacto só não é maior porque a maioria dos produtores plantam na zona sul da cidade ou na região metropolitana.

"Não tem abobrinha, chuchu e cenoura, que o meu fornecedor traz de Piedade", conta o permissionário Kelvin Andrei Dias, de 26 anos. De acordo com ele, o fornecedor ficou temeroso de ficar preso em um bloqueio.

Além dos legumes e verduras que produz, Dias também vende outros alimentos que compra em uma distribuidora. "O estoque de lá estava menor do que o normal", diz.

Segundo ele, a banca aumentou o preço apenas dos produtos que encareceram no fornecedor, como tomate e manga. A cebola, que costumava vender por R$ 10 agora está R$ 12.

Já a permissionária Yumi Murakami, de 44 anos, conta que há produtores que estão presos no bloqueio. "O Sebastião está desde quinta tentando chegar, já perdeu tudo. Pra mim ainda não afetou porque sou de São Paulo e uso diesel", relata. "O movimento só não caiu tanto porque os clientes que vem sábado são firmes e fortes."

Nas redes sociais, o permissionário Ernesto Oyama avisou aos clientes que não pode participar neste sábado. "Apesar de ter rumores de que a greve acabou, até a sua normalização não conseguiremos abastecer nosso caminhão que todo sábado leva produtos direto de Parelheiros à sua mesa", escreveu.