• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Paranaguá: com bloqueios, volume de cargas que entram no porto volta a cair

  • COMPARTILHE
Economia

Paranaguá: com bloqueios, volume de cargas que entram no porto volta a cair

A paralisação dos caminhoneiros voltou a afetar o fluxo de entrada de caminhões no Porto de Paranaguá nesta terça-feira, 22, informou a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). O sistema de agendamento de caminhões graneleiros tinha 1 mil caminhões agendados entre o fim da tarde de segunda-feira e o fim da tarde de terça-feira, mas só 45 entraram no porto.

O estacionamento de caminhões de Paranaguá estava vazio na tarde de terça-feira, segundo a Appa. A administração informou ainda que o porto está segurando a emissão de novas cotas de agendamento de caminhões para evitar problemas logísticos de concentração de chegada de veículos caso as paralisações sejam encerradas nos próximos dias.

Os embarques no porto prosseguiram normalmente na terça-feira por causa da quantidade de grãos em estoque, mas, se a paralisação continuar por mais dias, pode começar a afetar o fluxo de exportação, segundo a Appa.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Paraná contabilizava 40 manifestações de caminhoneiros no Estado no fim da tarde de terça-feira. Um dos locais onde havia interdição em meia pista era justamente o km 6 da BR-277 em Paranaguá, que dá acesso ao porto. Também há interdição de meia pista no km 158 da BR-376 em Mandaguaçu, no km 189 da BR-376 em Marialva, no km 625 da BR-376 em São José dos Pinhais e no km 213 da BR-376 em Mandaguari. Nos demais pontos, segundo a PRF, as manifestações ocorriam fora da pista.