• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Peso argentino pode sofrer mais pressão caso rolagem de títulos decepcione

  • COMPARTILHE
Economia

Peso argentino pode sofrer mais pressão caso rolagem de títulos decepcione

"Se os mercados perceberem que a rolagem ficou aquém do esperado, o peso provavelmente sofrerá mais pressão e as saídas de capital continuarão", de acordo com a Teneo Intelligence

O peso argentino provavelmente poderá sofrer mais pressão ante o dólar se a rolagem do Banco Central da Argentina dos títulos de curto prazo denominados em pesos que vencem na terça-feira, 15, conhecidos como Lebacs, ficar aquém do esperado.

"Se os mercados perceberem que a rolagem ficou aquém do esperado, o peso provavelmente sofrerá mais pressão e as saídas de capital continuarão", de acordo com a Teneo Intelligence.

O BC da Argentina deverá movimentar na terça-feira cerca de US$ 30 bilhões em títulos de curto prazo denominados em pesos que devem vencer. A instituição pretende renovar o máximo possível desses papéis para reduzir a pressão sobre o peso.

O dólar subiu cerca de 7% em relação ao peso nesta segunda-feira, cotado na máxima a 24,999 pesos argentinos. A moeda dos EUA subiu cerca de 33% em relação ao peso este ano.

A Argentina disse na semana passada que estava em negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para um empréstimo de emergência para sustentar suas finanças, à medida que o país enfrenta uma inflação iminente e uma possível desaceleração no crescimento.

"A equipe do FMI continua discutindo com as autoridades argentinas para um programa apoiado pelo Fundo. Nosso objetivo comum é chegar a uma conclusão rápida dessas discussões", disse o FMI em um comunicado nesta segunda-feira, 14. Uma reunião da diretoria da Argentina está marcada para o dia 18 de maio, disse o FMI. Fonte: Dow Jones Newswires