• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Senado deve propor convocação de sessão extraordinária para amanhã

  • COMPARTILHE
Economia

Senado deve propor convocação de sessão extraordinária para amanhã

O vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), disse que há uma "expectativa" de convocar sessão deliberativa extraordinária para esta sexta-feira, 24, com o objetivo de apreciar o projeto que reduz neste ano a desoneração da folha de pagamento para 28 setores da economia, aprovado na quarta-feira, 23, na Câmara dos Deputados. A proposta também prevê zerar, até o final deste ano, a PIS-Cofins que incide sobre o óleo diesel. Essa medida foi incluída no texto como um aceno aos caminhoneiros, que paralisaram as atividades em todo o País em protesto contra a alta no preço dos combustíveis. Cunha Lima não deu detalhes, no entanto, sobre qual deve ser o conteúdo analisado.

"Temos que arrendondar esse tijolo que veio da Câmara, mas o governo é que deve negociar com os caminhoneiros de forma articulada", disse. Cunha Lima está ligando para todos os senadores para pedir que retornem à Brasília ainda nesta quinta-feira, 24. A preocupação é que os parlamentares não tenham tempo hábil para chegar à capital federal. Um exemplo é o caso do líder do governo, senador Romero Jucá (MDB-RR), que está no interior de Roraima e corre risco de não conseguir retornar a tempo.

Diante das reações negativas sobre sua ida a Fortaleza (CE), nesta quinta-feira, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), também decidiu voltar para Brasília. Ele convocou uma reunião de líderes para acontecer as 19h de hoje e tem intenção de se reunir com representantes das entidades dos caminhoneiros. Na reunião, os senadores devem avaliar se haverá quórum suficiente para votar a medida.

Nos bastidores, senadores da base aliada do governo chamaram de "despreparo" a decisão de Eunício viajar para o Ceará, em meio à crise alavancada pela paralisação dos caminhoneiros. Na avaliação dos parlamentares, o emedebista deveria ter ficado em Brasília mesmo que não fosse possível colocar em votação, de forma imediata, o projeto que reduz neste ano a desoneração da folha de pagamento para 28 setores da economia, aprovado nesta quarta-feira na Câmara.

No Ceará, Eunício teria uma Solenidade Alusiva aos 183 anos da Polícia Militar do Ceará, às 17h. Antes, ele também participaria uma Solenidade de Anúncio de Liberação de Recursos para o Programa de Cisternas no Ceará, à convite do Governador do Ceará, Camilo Santana (PT), seu aliado. A assessoria de imprensa não informou em qual avião ele está viajando.