• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sindfrigo diz que 80% dos frigoríficos do Mato Grosso estão parados

  • COMPARTILHE
Economia

Sindfrigo diz que 80% dos frigoríficos do Mato Grosso estão parados

O Sindicato das Indústrias Frigoríficas do Estado de Mato Grosso (Sindfrigo-MT) informa que 80% dos frigoríficos do Estado estão completamente parados, sem abater nem comprar bois, em função da paralisação dos caminhoneiros. O sindicato avisa, ainda, que na segunda-feira todas as unidades do Estado vão suspender os trabalhos.

Na avaliação do diretor executivo da entidade, Jozenino Borges, mesmo que as estradas sejam desbloqueadas hoje - já que o presidente Michel Temer acionou as forças de Segurança Nacional para liberar as rodovias -, as atividades da cadeia produtiva só devem voltar ao normal entre terça-feira e quarta-feira da semana que vem. "O pior será na segunda-feira, já que os abates deste dia teriam de ter os animais comprados entre hoje (25) e sábado (26)", comenta Borges ao Broadcast Agro.

O Sindfrigo não calcula o total dos prejuízos que a greve causou à produção da região, mas menciona que serão valores altos e "irreparáveis", devido ao custo fixo que os frigoríficos terão de arcar, mesmo com a paralisação das atividades. "É uma situação complicada, torcemos para que (o protesto) seja resolvido o mais rápido possível", diz Jozenino, que considera pessoalmente que um desfecho positivo para a crise seria, além do desbloqueio das estradas, o atendimento ao pleito dos caminhoneiros.