• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Empresa paranaense anuncia investimento de R$ 5,3 milhões em Linhares

Economia

Empresa paranaense anuncia investimento de R$ 5,3 milhões em Linhares

Quase 100 empregos devem ser gerados na primeira fase de operação

Foto: Divulgação
Empresa deve começar a operar em Linhares já no próximo ano.

A empresa paranaense P2A Embalagens vai instalar em Linhares, no Norte do Espírito Santo, uma unidade fabril. O investimento vai ser de R$ 5,3 milhões. O anúncio foi feito pelo prefeito Guerino Zanon. A empresa vai produzir papel ondulado para embalagens e deve gerar 35 empregos diretos e 50 indiretos na primeira fase de operação.

A fábrica vai ser construída às margens da ES-440, no distrito de Bebedouro, e vai contar com 1.500 metros quadrados de área construída. Segundo a prefeitura, os trabalhos no terreno onde a empresa vai funcionar já começaram. A operação está prevista para o primeiro semestre de 2021.

O diretor comercial da empresa, Alexandre da Fonseca, diz que o material fabricado pela P2A no Paraná já era fornecido ao polo moveleiro de Linhares. E a escolha pelo município, segundo o ele, se deve a uma questão estratégica, além da localização privilegiada do município.

“Há 8 anos entregamos em Linhares material para a indústria moveleira e achamos que havia chegado a hora de estar mais perto, gerar emprego e renda e, também, fortalecer e reduzir os custos da embalagem ao setor. Vemos a cidade com grande potencial, com o mercado em crescimento sustentável e pouco explorado por esse ramo de atividade”, disse.

Segundo Alexandre, a empresa está há 10 anos no mercado e tem uma unidade em Sabáudia (PR), onde produz papel e bobinas onduladas; e outra em Júpia (SC), com a produção de papel e papel ondulado 100% reciclado.

A empresa também tem a proposta de trabalhar, na segunda fase do projeto, com a compra de papelão de associações de catadores locais. Os materiais vão ser encaminhados a uma empresa terceirizada, que vai transformar o produto em matéria-prima a ser utilizada pela fábrica.

Para o prefeito de Linhares, Guerino Zanon, a chegada da nova empresa, junto de outras que já anunciaram investimentos no município, representa impulso na economia local, principalmente no período pós pandemia.

“Estamos trabalhando firmes para vencermos esse período de crise que atingiu a economia de todo país. Nossa posição estratégica é favorável, temos uma cidade com qualidade de vida acima da média nacional, que continua atraindo os olhares dos investidores. A Café Cacique Solúvel também está com sua planta fabril em construção e outros empreendimentos, como a Brinox, Randon e Fibracem, já estão em operação. E a Britânia que, em breve, iniciará suas obras, gerando mais oportunidades de emprego”, diz o prefeito.