O que fazer no seu carro para economizar gasolina

Economia

O que fazer no seu carro para economizar gasolina

Seguindo algumas dicas, você pode reduzir cerca de 30% dos gastos em combustível durante o ano

Gabriel Barros da Silva Eduardo

Redação Folha Vitória
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A alta no valor dos combustíveis tem afetado diretamente o bolso dos capixabas. O preço médio da gasolina aditivada nos postos do Espírito Santo, segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP), está atualmente em R$ 6,32.

Outros reajustes, como o da energia elétrica, também impactam nas contas no fim do mês. Com isso, muitas pessoas tem buscados soluções simples e práticas para adotar no cotidiano que ajudem a economizar. 

A pedido do Folha Vitória, o professor de Engenharia Mecânica do Ifes Leonardo Rodrigues separou algumas dicas para implementar no carro e ajudar a economizar no combustível. 

Seguindo essas dicas, o motorista pode reduzir cerca de 30% dos gastos em combustível durante o ano. "Algumas ações práticas ajudam a reduzir em torno de 30% dos gastos anuais relacionados ao abastecimento do automóvel. Mas vale ressaltar que a economia no consumo do combustível varia para cada automóvel", explicou. 

Verifique a calibragem dos pneus

Pneus murchos aumentam a superfície de contato da roda com o solo, exigindo mais energia do motor para manter o carro em movimento, e consequentemente, o consumo de combustível aumenta.

Se possível, mantenhas as janelas fechadas

O clima tropical, nem sempre permite que as pessoas circulem com as janelas fechadas e sem ar condicionado. Mas, quando possível, a dica é manter fechada as janelas, teto solar e reduzir qualquer peso ou bagageiro desnecessário no momento de uso. Quanto mais pesado o carro estiver, mais força é necessária para mantê-lo em movimento. Logo, o consumo de combustível aumenta.

Use o ar condicionado de forma correta

Quando estiver acima dos 60 km/h usar o ar condicionado irá gastar menos combustível do que deixar os vidros abertos. Para o ar condicionado funcionar, o compressor é acionado por uma correia ligada ao motor. Em baixas velocidades, o consumo do combustível pode aumentar em até 20%. Desta forma, é indicado avaliar a relação custo benefício entre conforto e consumo. Em hipótese alguma ligue o ar condicionado com as janelas abertas ou coloque o resfriamento no máximo. Conforme normas técnicas, para uma boa condição de conforto é indicada uma temperatura interna do veículo de 24°C.

Cuide da manutenção do filtro de ar

O filtro de ar do motor deve ser checado periodicamente, caso não ocorra essa troca, isso irá influenciar diretamente no consumo do carro. O filtro de ar sujo diminui o fluxo de ar para o motor, prejudicando a mistura de ar e combustível ideal para o bom rendimento do motor.

Reduza o tempo em que o veículo fica parado

Situações onde usamos muito os freios, acelerador e marchas baixas repentinamente também elevam o consumo do carro. Como uma boa opção de redução de gastos, o sistema start-stop se mostra uma opção viável para diminuir o consumo do carro. Este sistema é controlado por uma central eletrônica que identifica o momento de ligar e desligar o motor do automóvel. Desta forma, os carros adeptos a esta tecnologia possuem motores mais resistente e uma bateria projetada para tender a números mais elevados de partida. Além de reduzir o consumo de combustível, este sistema também reduz a emissão de poluentes.

Modo de dirigir

Freadas bruscas, dirigir mais rápido que o necessário ou atrasar na troca de marchas aumentam o consumo do combustível.

Atenção a qualidade do combustível

Diesel, gasolina e álcool de baixa qualidade podem elevar o consumo de combustível, além de ocasionar danos ao motor do automóvel. Além do sistema de injeção do carro fornecer mais combustível ao motor, o combustível da baixa qualidade pode desencadear uma série de danos a todo o sistema interno do veículo. Manter o sistema de injeção de combustível sempre limpo, aumenta o desempenho do carro e mantém o consumo de combustível ideal.

Aquisição de carros econômicos

Caso esteja pensando em comprar ou trocar de carro leve em consideração o custo benefício. O Inmetro fornece uma lista com a taxa de consumo do combustível das principais marcas e modelos no mercado nacional. Além do modelo, deve-se considerar o tipo de combustível. Automóveis a diesel, elétricos ou híbridos também são excelentes opções quando se trata em economizar no consumo.

Veja alguns modelos de carros considerados populares que têm baixo consumo de gasolina

Também pensando em economia dos combustíveis, o especialista em manutenção veicular Everton Peroni listou quatro modelos de carros populares que apresentam um bom desempenho por litro de gasolina. Veja:

RENAULT KWID

Foto: Divulgação

O Renault Kwid tem motor 1.0 SCe, com transmissão manual de cinco velocidades. É econômico, mas alguns acabamentos são muito simples.

Dados de consumo:

Cidade: 14,9 km/l (gasolina)
Estrada: 15,6 km/l (gasolina)

LEIA TAMBÉM: Saiba quais são os carros que fazem até 17 km/l para você economizar gasolina

FIAT MOBI

Foto: Divulgação

O Fiat Mobi Easy é considerado o carro mais barato do Brasil. O motor é o Fire 1.0 EVO 8v Flex, que tem potência 75 cv e torque de 9,9 kgfm.

Dados de consumo:

Cidade: 13,5 km/l (gasolina)
Estrada: 15,2 km/l (gasolina)

NISSAN MARCH

Foto: Reprodução / Instagram

O veículo foi testado por uma revista especializada recentemente. O carro é considerado leve e econômico, com motor com ótimo desempenho.

Dados de consumo:

Cidade: 13km/l (gasolina)
Estrada: 17km/l (gasolina) 

RENAULT SANDERO

Foto: Divulgação

De acordo com o especialista, o Renault Sandero em um consumo médio entre os modelos populares e pode ser uma boa opção. 

Dados de consumo:

Cidade: 9,9km/l (gasolina) 
Estrada: 14,2km/l (gasolina)

Carros híbridos também são uma boa opção 

Segundo o professor Leonardo Rodrigues, quando o assunto é economia de combustível, os veículos híbridos podem ser uma boa opção. 

"É possível gastar menos álcool ou gasolina quando o conjunto de força inclui também motores elétricos. Em alguns casos, os híbridos do tipo plug-in podem ser carregados na tomada e andar por dezenas de quilômetros apenas com eletricidade, zero emissão de poluentes e menor custo por quilômetro rodado", disse.