• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ministro dos Transportes garante duplicação da BR 101 em visita ao Espírito Santo

  • COMPARTILHE
Economia

Ministro dos Transportes garante duplicação da BR 101 em visita ao Espírito Santo

Ele participou de uma reunião a portas com deputados federais, senadores capixabas e representantes da ANTT e DNIT

Durante uma visita do Ministro dos Transportes Maurício Quintela ao Espírito Santo, foi realizada uma reunião que contou com a participação de representantes da Comissão de Fiscalização da Eco101 na Câmara dos Deputados,  representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), senadores capixabas e diversas autoridades.

Antes do início da reunião, que aconteceu a portas fechadas e começou por volta das 11 horas desta segunda-feira (31), o ministro garantiu que as obras de duplicação na BR 101 vai acontecer. "A duplicação é uma exigência contratual. Não há outro plano do Governo a não ser duplicar a rodovia. A BR 101 no Espírito Santo está num contexto nacional", afirma.

Sobre o impasse com a concessão, quando a Eco101 afirmou que as obras de duplicação não seriam realizadas, o ministro lembrou que este tipo de problema acontece em todo o país e explicou que a recessão econômica não estava prevista quando foram feitos os estudos para a concessão. "Na época que os estudos foram feitos, havia perspectiva de crescimento no país de 3,5% e o que se viu foi uma recessão muito grande. Mas o governo federal já aprovou uma Medida Provisória que permite repactuações", disse.

Essas repactuações, de acordo com o ministro, podem ser devoluções amigáveis das concessões, reequilíbrio e arbitragens. No caso do trecho da BR 101 no Estado, o prazo para as obras deve ser aumentado. "Prazo pode haver. O desequilíbrio é uma realidade, mas a duplicação vai acontecer conforme previsto", afirmou o ministro.

De acordo com o deputado federal Marcus Vicente, que coordena comissão de fiscalização, mesmo que haja aumento no prazo, o usuário da rodovia não vai sofrer impactos na tarifa. "A repactuação pode acontecer em função da queda de tráfego e do crescimento econômico negativo que tivemos. O fluxo diminuiu 18% e nós estamos acompanhando isso", afirmou.

O deputado também garantiu a duplicação do trecho da BR 101 no Espírito Santo e explicou que a possibilidade de repactuação já está sendo analisada, vindo o resultado a ser divulgado entre 30 e 60 dias. "O Espírito Santo não vai perder essa duplicação. Esta é uma obra que o capixaba não abre mão", finalizou.