• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Trump assina memorando sobre propriedade intelectual na China

  • COMPARTILHE
Economia

Trump assina memorando sobre propriedade intelectual na China

Foi a primeira ação formal de comércio contra a China tomada por um presidente que há muito critica o país por práticas comerciais incorretamente agressivas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deu mais um passo nesta segunda-feira (14) em direção ao esforço de pressionar o comércio com a China, direcionando assessores para explorar a perspectiva de sancionar Pequim pela aquisição "injusta" de alta tecnologia americana.

A ordem, assinada em uma cerimônia na Sala de Recepção Diplomática da Casa Branca, foi a primeira ação formal de comércio contra a China tomada por um presidente que há muito critica o país por práticas comerciais incorretamente agressivas.

"O roubo de propriedade intelectual por países estrangeiros custa à nossa nação milhões de empregos e bilhões e bilhões de dólares a cada ano", disse Trump. "Por muito tempo, essa riqueza foi drenada do nosso país, enquanto Washington não fez nada."

Enquanto o tom de Trump era duro, o processo que ele divulgou foi medido. Ele especificamente ordenou ao seu representante comercial que iniciasse um estudo sobre se lançar em uma investigação formal sobre denúncias generalizadas de que Pequim obriga as multinacionais a licenciar tecnologia valiosa para as empresas chinesas como o preço da entrada nos mercados chineses.

O movimento faz parte de uma estratégia diplomática mais ampla e complexa de malabarismos com os objetivos políticos de Washington com a China, equilibrando o desejo de mais cooperação no controle da Coreia do Norte e a tentativa de diminuir o déficit comercial bilateral de US$ 347 bilhões. 

Fonte: Dow Jones Newswires.