• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

BCE prevê que inflação da zona do euro irá desacelerar para 0,9% no 1º trimestre

  • COMPARTILHE
Economia

BCE prevê que inflação da zona do euro irá desacelerar para 0,9% no 1º trimestre

Através do QE, o BCE pretende continuar comprando 60 bilhões de euros em ativos mensalmente até pelo menos dezembro

Londres - A taxa anual de inflação ao consumidor da zona do euro deverá desacelerar para 0,9% no primeiro trimestre de 2018, segundo relatório mensal divulgado hoje pelo Banco Central Europeu (BCE).

Se confirmada, a previsão será um problema para o BCE, cuja meta de inflação é de taxa ligeiramente inferior a 2% e que se prepara para começar a retirar os gigantescos estímulos monetários de seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês). Através do QE, o BCE pretende continuar comprando 60 bilhões de euros em ativos mensalmente até pelo menos dezembro.

Dados publicados mais cedo pela Eurostat, a agência de estatísticas da União Europeia, confirmaram que a inflação anual da zona do euro ficou em 1,5% em agosto, ante 1,3% em julho.

A projeção do BCE de queda na inflação reflete desdobramentos nos preços do petróleo e de alimentos, que são componentes importantes, mas voláteis. Ambos subiram com força no início de 2017, mas moderaram o ritmo desde então, o que pesará no resultado do começo de 2018.

Recentemente, o presidente do BCE, Mario Draghi, sinalizou que a instituição deverá apresentar planos de retirar o programa de QE, avaliado em 2,3 trilhões de euros (US$ 2,74 trilhões), na reunião de política monetária de outubro. Fonte: Dow Jones Newswires.