• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Índice de difusão da indústria aumenta para 54% em julho, diz IBGE

  • COMPARTILHE
Economia

Índice de difusão da indústria aumenta para 54% em julho, diz IBGE

Na passagem de junho para julho, os bens de capital avançaram 1,9%, enquanto os bens de consumo duráveis cresceram 0,6%

Rio - O índice de difusão da indústria, que mede o porcentual de produtos com avanço na produção, aumentou de 46,1% em junho para 54% em julho, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal divulgados nesta terça-feira, 5, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"Também por essa comparação, do índice de difusão, a gente tem algum tipo de melhora de ritmo da produção industrial. Claro que a gente precisa sempre relativizar essa melhora, em função das perdas importantes que o setor industrial teve no passado", disse André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE.

Segundo Macedo, o aumento na renda dos trabalhadores - em função de uma inflação mais baixa -, a liberação de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e a redução na taxa de juros - que faz o crédito ficar mais barato - impulsionaram a produção de bens de consumo duráveis. Ao mesmo tempo, a recuperação ainda que modesta da confiança de empresários ajudou a categoria de bens de capital.

Na passagem de junho para julho, os bens de capital avançaram 1,9%, enquanto os bens de consumo duráveis cresceram 0,6%.

"A maior produção de eletrodomésticos de linha marrom, motocicletas e móveis explica esse crescimento de duráveis. Os automóveis não entram na explicação para esse aumento este mês", lembrou Macedo.

Em julho, a fabricação de veículos recuou 0,4% em relação a junho, com redução na produção de automóveis, mas avanço nos caminhões. "Esse crescimento de caminhões se reflete lá em bens de capital", acrescentou o pesquisador.