• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ilan evita traçar cenário político e diz que decisões do BC são técnicas

  • COMPARTILHE
Economia

Ilan evita traçar cenário político e diz que decisões do BC são técnicas

Ilan foi questionado sobre a necessidade de independência do BC. O presidente respondeu que hoje há, de fato, uma autonomia da instituição em Brasília, que também é percebida pelos agentes econômicos e do mercado financeiro

São Paulo - O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, evitou nesta segunda-feira, 16, falar do ambiente político atual e das eleições de 2018 durante evento e ressaltou que as decisões da autoridade monetária são "técnicas".

Ilan foi questionado na parte de perguntas e respostas após fazer palestra na Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura sobre o suposto descolamento atual entre economia e política e de como as eleições de 2018 podem influenciar este ambiente.

"Não vou traçar cenário político", disse ele, ressaltando que existem pessoas mais qualificadas para tratar do tema. "Nosso objetivo é ter a percepção e o trabalho mais técnico possível."

Como presidente do BC, ressaltou Ilan, é essencial passar para a sociedade uma visão "completamente técnica e independente".

Em seguida, Ilan foi questionado sobre a necessidade de independência do BC. O presidente respondeu que hoje há, de fato, uma autonomia da instituição em Brasília, que também é percebida pelos agentes econômicos e do mercado financeiro. Ao mesmo tempo, esta percepção de maior autonomia do BC acaba contribuindo para reduzir o debate sobre a independência da autoridade monetária.

Além desta percepção de autonomia, Ilan ressaltou que outro fator que contribui para tirar o assunto sobre a independência do BC da pauta neste momento é que há reformas mais urgentes, como a da Previdência, que precisam ser aprovadas.