• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mutirão para renegociar dívidas terá 7 mil senhas de atendimento a partir desta 2ª em Vitória

  • COMPARTILHE
Economia

Mutirão para renegociar dívidas terá 7 mil senhas de atendimento a partir desta 2ª em Vitória

A oitava edição do mutirão acontece entre esta segunda (2) até a próxima sexta-feira (6), no Ginásio Paulo Valiate Pimenta, em Vitória

O fim de ano já se aproxima e quem deseja colocar as contas em dia para fechar 2017 no azul vai ter uma oportunidade entre esta segunda (2) e a próxima sexta-feira (6). 

O Procon-ES realiza a oitava edição do Mutirão de Negociação de Dívidas. O evento acontece das 9 às 17 horas no Ginásio Paulo Valiate Pimenta, localizado na Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, na Rua Coronel Schwab Filho, Bento Ferreira, em Vitória.

As senhas para atendimento no primeiro dia de ação serão distribuídas a partir das 8 horas. Para os demais dias do evento, as senhas serão distribuídas no dia anterior, das 14 às 18 horas. 

Ao todo, 648 mil pessoas têm pelo menos uma dívida no Espírito Santo, segundo levantamento da CDL Vitória. Nesta 8ª edição, serão distribuídas 7 mil senhas. De acordo com a diretora-presidente do Procon-ES, Denize Izaita, a expectativa é grande. "A expectativa é sempre muito positiva. Estamos na 8ª edição do mutirão. Aproximadamente 22 mil pessoas já foram atendidas nas edições anteriores. Esperamos bons descontos. Temos empresas com mais senhas e outras com menos". 

A diretora-presidente também informou que um funcionário do Banco Bradesco e do Banco Itaú, realizam a mesma negociação do mutirão, dentro da sede do Procon-ES. “O Banco Bradesco atende toda segunda e quarta-feira, das 9 às 15 horas no Faça Fácil Cariacica. O Banco Itaú também realiza negociações na sede do Procon-ES, às segundas e quartas, das 9 às 15 horas; sexta-feira, das 9 às 12 horas; e no Faça Fácil Cariacica às terças e quintas, das 9 às 15 horas”.

Durante a semana do 8º Mutirão de Negociação de Dívidas não haverá atendimento ao público na sede do Procon-ES. Para o registro de reclamações, os consumidores devem ir à unidade do órgão localizada no Faça Fácil Cariacica ou ao Procon Municipal. As denúncias, as orientações e o registro de reclamação também podem ser feitas pelo Atendimento Eletrônico do Procon-ES.

Entre as entidades participantes, estão o Banestes, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Dacasa, Avista, Crefisa, EDP Espírito Santo, Cesan, Claro/Net/Embratel, Sky e Vivo/GVT. A CDL Vitória vai prestar informações sobre a restrição no cadastro de inadimplentes SPC e o Conselho Regional de Economia vai orientar a população sobre orçamento doméstico.

Para receber o atendimento durante a ação, é importante observar algumas orientações importantes:

- Para ser atendido, o consumidor deverá levar Carteira de Identidade, CPF, comprovante de residência e de renda.

- Pessoa jurídica não será atendida no mutirão.

- As senhas estarão atreladas ao CPF do consumidor. Portanto, a pessoa que pegar a senha deve ser a mesma que receberá atendimento. Senhas rasuradas serão descartadas.

- Os descontos e opções de parcelamento podem variar de acordo com tipo de dívida, atraso e perfil do consumidor.

- 15% das senhas estão destinadas para o atendimento preferencial: idosos com 60 anos ou mais, gestantes em adiantado estado de gravidez, portadores de necessidades especiais e pessoas com criança de colo.

- A Caixa Econômica Federal não vai negociar dívidas de FIES, microcrédito, financiamento imobiliário e de veículos.

- O Banco do Brasil não vai negociar dívidas rurais, financiamento imobiliário e de veículo, FIES, dívidas cedidas a Ativos S.A e dívidas renegociadas recentemente.

- O Banestes irá negociar financiamento de veículo e imobiliário, crédito rural, BNDES, carnês Banestes Financeira, contratos de PF, PJ e CCF, leasing, financiamento de imóveis, nosso crédito/ microcrédito, restituição do imposto de renda, 13º salário e operações ajuizadas.

- O Bradesco não vai negociar empréstimo pessoal, crédito imobiliário e rural.

- Somente o titular poderá negociar a dívida, que deve ter, pelo menos, 60 dias de atraso.

- Não será aceito documento de procuração.

Em outras edições do mutirão, realizadas neste ano, cerca de sete mil pessoas foram atendidas por instituições financeiras, empresas de água, energia elétrica e de telefonia. O valor das dividas renegociadas ultrapassou a marca dos R$ 33 milhões.