• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após almoço com governadores, Temer vai a encontro com Maia

  • COMPARTILHE
Economia

Após almoço com governadores, Temer vai a encontro com Maia

Versão mais enxuta do texto da reforma foi apresentada pelo relator, Arthur Maia, durante encontro

O presidente Michel Temer deixou nesta tarde de quarta-feira, 22, o Palácio do Alvorada a caminho do Palácio do planalto, após almoço com governadores. Anteriormente, assessoria de imprensa do Planalto havia informado que Temer permaneceria no Alvorada para uma reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, às 15 horas. O encontro, entretanto, acontecerá no Planalto.

Os governadores, que ouviram apelos pela aprovação da reforma da Previdência, deixaram o Alvorada sem falar com a imprensa. A única que deu declarações no fim do encontro foi a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP-PR), que é esposa do ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Cida afirmou que Temer pediu apoio dos governadores junto às bancadas para garantir os 308 votos necessários para aprovar a Previdência ainda este ano e, segundo ela, houve consenso entre os governadores presentes. "Acredito que os governadores vão apoiar, o Brasil vive um momento diferente e nós sabemos que as reformas são importantes para o Brasil independente de eleição", afirmou.

Temer pediu apoio dos governadores junto às bancadas para garantir os 308 votos necessários para aprovar a Previdência ainda este ano

Ela defendeu ainda que os governadores mobilizem as lideranças municipais e estaduais para ajudar a aprovar a reforma.

A versão mais enxuta do texto da reforma foi apresentada pelo relator, Arthur Maia (PPS- BA). Os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, do trabalho, Ronaldo Nogueira, da Casa Civil, Eliseu Padilha, também participaram do encontro. Além de Marcelo Caetano, Secretário da Previdência.

De acordo com a lista divulgada pelo Planalto, além de Cida, estiveram presentes: Luiz Fernando Pezão (RJ), Simão Jatene (PA), Gerado Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO), Pedro Taques (MT), Cesar Colnago, vice-governador (ES), Robinson Faria (RN), Raimundo Colombo (SC), Jackson Barreto (SE), Reinaldo Azambuja (MS), Confúcio Aires Moura (RO), Marcelo Miranda (TO), Suely Campos (RR), Ligia Feliciano, vice-governadora (PB), João Bosco Saraiva, vice-governador (AM) e Ivo Sartori (RS).