• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Black Friday: saiba os cuidados necessários na hora da compra

  • COMPARTILHE
Economia

Black Friday: saiba os cuidados necessários na hora da compra

O Procon Estadual está monitorando diversos itens em cinco sites de vendas. O resultado será divulgado somente no próximo dia 24

Redação Folha Vitória

Está chegando mais uma edição da Black Friday, que neste ano acontece no próximo dia 24. A proposta surgiu nos Estados Unidos e chegou ao Brasil há alguns anos. A ideia é proporcionar grandes descontos em lojas físicas e, principalmente, nas lojas virtuais. Diante de tantas facilidades e promoções, é preciso ter cautela para evitar futuros problemas.

De acordo com a diretora do Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES), Denize Izaita Pinto, os consumidores possuem uma expectativa muito grande em relação à Black Friday e esperam descontos interessantes. Por isso, é necessário ter atenção. "A orientação é fazer um monitoramento com antecedência dos produtos que se tem interesse. Dessa forma, quando chegar o dia, o consumidor pode verificar se realmente houve desconto", orienta.

Leia também:

° Confira a lista de sites de compras que devem ser evitados durante a Black Friday

Como forma de colaborar o monitoramento, o Procon-ES está acompanhando, desde outubro, os valores em cinco sites vistos como preferência dos consumidores. Foram listados os produtos mais visados, como alguns modelos de smartphone e ítens da linha branca. O resultado será divulgado somente no dia 24.

Denize também destacou que muitos estabelecimentos aproveitam a ideia original da Black Friday e anunciam ofertas por diversos dias. Para ela, seria ideal se as promoções acontecessem, de fato, no dia correto. "A gente vê promoções com nome de Black Week, Black Monday e outras. O legal seria que funcionasse com o objetivo da criação, que é conceder descontos de verdade para o dia que foi criado. Isso deveria ser um saldão para comprar coisas legais com preços baixos", afirma.

Outra dica da diretora do Procon é com relação às compras no comércio virtual. Denize orienta não ousar na hora de escolher os produtos e escolher bem o site para efetuar a compra. "A orientação é que o consumidor faça prints da compra. O primeiro, na oferta do produto. Um outro do valor da oferta e um terceiro com o prazo de entrega", sugere.

A diretora também lembra da importância de observar a questão da entrega. Provavelmente, os sites mais visados devem receber um grande número de pedidos, mas a loja deve cumprir com o prazo de entrega ao cliente. "Alguns sites podem trabalhar com outras formas de entrega, que não seja pelos Correios. Mas a loja é responsável pelo prazo", alerta.

O consumidor também precisa ter atenção nos endereços dos sites. Denize esclarece que, muitas vezes, são criados sites falsos, mas muito parecidos com os originais. A orientação é digitar o endereço, ao invés de copiar de algum lugar ou clicar em algo já digitado. Pode ser que haja uma letra a mais, o que faz o direcionamento para o local errado.

Eventuais reclamações podem ser registradas pelo site www.procon.es.gov.br ou pessoalmente na sede do Procon Estadual, na Avenida Princesa Isabel, 599, Ed. Março, 6º andar, Centro, Vitória, das 09 às 17 horas, de segunda a sexta-feira ou no Faça Fácil Cariacica que atende também aos sábados até as 13 horas. É importante guardar a oferta anunciada, bem como a tentativa de compra, por meio das cópias das telas do anúncio e da transação.

Dicas para comprar com segurança

• Para comprar com segurança busque referências sobre o site. Pesquise se existem muitas reclamações sobre a empresa nos órgãos de defesa do consumidor e/ou em sites de reclamações na internet;

• Instale no seu computador pessoal programas de antivírus e o firewall (sistema que impede a transmissão e/ou recepção de acessos nocivos ou não autorizados) e os mantenha atualizados;

• Não faça as transações em computadores de uso público, garantindo a segurança dos seus dados pessoais e do cartão de crédito;

• Antes da compra, observe os procedimentos e recursos adotados para garantir a segurança da transação. A política de privacidade adotada pelo fornecedor deve ser clara e explícita, assegurando que os dados pessoais e de consumo não sejam divulgados sem o consentimento expresso do consumidor;

• Procure no site a identificação da loja (razão social, CNPJ, endereço, e-mail e telefone fixo). Caso ocorra algum problema, localizar a empresa será fundamental para a solução. Se o fornecedor não possuir essas informações, escolha outro e denuncie, pois a disponibilização dessas informações é obrigatória;

• Desconfie dos sites que possuem como única forma de pagamento o depósito em conta corrente ou boleto bancário;

• Procure informações sobre características, preços, valores de fretes, despesas adicionais, prazo de entrega ou execução, condições e formas de pagamento, antes de se decidir pela compra. Essas informações devem constar obrigatoriamente na página;

• Os sites devem deixar claros os meios adequados para que o consumidor exerça o direito de "arrependimento de compra", que é o cancelamento no prazo de até sete dias;

• Ao confirmar a contratação, imprima ou guarde sob a forma eletrônica todos os documentos que atestem a relação comercial, como número da compra, confirmação do pedido, comprovante de pagamento, contrato ou anúncios;

• Exija a nota fiscal da mercadoria e guarde;

• A qualquer sinal de irregularidade, entre em contato com o fornecedor para registrar a ocorrência e tentar resolver o problema. Guarde os números de protocolo e os e-mails trocados com o fornecedor como garantia.