• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

'É razoável que agências esperem votação da Previdência', diz Henrique Meirelles

  • COMPARTILHE
Economia

'É razoável que agências esperem votação da Previdência', diz Henrique Meirelles

Para o ministro, as agências só devem rebaixar novamente a nota do Brasil se a proposta não for aprovada no Congresso

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira, 18, em entrevista ao programa Conexão Estadão, da Rádio Eldorado, que considera mais razoável que as agências de classificação de risco esperem até a votação da reforma da Previdência, em fevereiro, para tomar uma decisão sobre o rating do Brasil, em vez de se anteciparem ao Congresso.

Para o ministro, as agências só devem rebaixar novamente a nota do Brasil se a proposta não for aprovada no Congresso. "Se alguma se antecipar, está no direito delas", disse Meirelles, que acrescentou que não acredita que um possível rebaixamento antecipado teria influência na votação da reforma.

Meirelles ressaltou que a postura das agências é muito importante para a economia, porque tem efeito sobre o custo de captação das empresas do País, mas lembrou que, quando a reforma foi adiada para o ano que vem, o risco Brasil pouco se mexeu. "Está claro, principalmente no exterior, que aqueles que compram papéis brasileiros continuam apostando que reforma será votada e aprovada em fevereiro."

Ainda sobre as agências, o ministro lembrou uma frase que tem dito em diversas entrevistas: "Eu faço o meu trabalho e elas fazem o trabalho delas".