• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Obras nas rodovias devem gerar mil vagas de emprego no Espírito Santo

  • COMPARTILHE
Economia

Obras nas rodovias devem gerar mil vagas de emprego no Espírito Santo

As obras serão realizadas em diversos locais do Estado. A previsão de início é até fevereiro de 2018

A retomada das obras de pavimentação nas rodovias estaduais do Espírito Santo, anunciadas na manhã desta terça-feira (12), devem gerar cerca de mil novas vagas de emprego durante a execução dos serviços, que devem ter início até fevereiro de 2018.

Segundo o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo (DER-ES), Enio Bergoli, os investimentos nas rodovias estaduais tem uma importância econômica para o Estado. "O investimento vai significar, de imediato, pelo menos mil novas vagas de emprego adicionais no Espírito Santo. Teremos emprego durante as obras e um novo ciclo de oportunidades após a conclusão", afirmou.

Serão mais de 165 quilômetros de rodovias estaduais que terão as obras de pavimentação ou de recuperação retomadas no Espírito Santo. O total de investimentos, provenientes de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), são cerca de R$ 282 milhões.

Serão nove obras com previsão de início até fevereiro de 2018, contemplando rodovias em diversas regiões do Estado. Haverá ainda a publicação do edital para a pavimentação completa, que inclui estradas e pontes, da Rodovia ES 010, que liga a sede de Conceição da Barra à Vila de Itaúnas, no mesmo município, na região Norte do Estado. São, aproximadamente, 20 quilômetros e o valor é em torno de R$ 71 milhões.

Na mesma região, também haverá a retomada nas obras da Rodovia ES 315, que liga os municípios de Boa Esperança e São Mateus. No trecho já pavimentado (Boa Esperança x Patrimônio do Dilô), serão realizadas finalizações das obras e calçamento das vilas de Bela Vista e Santa Maria. A pavimentação será realizada em um trecho de 28,4 quilômetros, do Patrimônio do Dilô à São Mateus. O investimento nesta rodovia é superior a R$ 50 milhões. O prazo para entrega das obras é de 30 meses após o início.

No Noroeste capixaba, haverá obras de recuperação nas rodovias ES 248 e ES 356, que liga os municípios de Colatina e Marilândia. Por se tratar de uma obra de reparo, a ordem de serviço para esta localidade pode ser dada ainda em dezembro. O trecho contempla pouco mais de 20 quilômetros e o investimento é superior a R$ 17 milhões.

O Sul do Espírito Santo será contemplado com a pavimentação da ES 165, em Laranja da Terra. São 12,3 quilômetros de rodovia, que liga o distrito de Sobreiro à Sede do município. O investimento dessa localidade é de R$ 24,2 milhões. Em Apiacá, o pacote de obras contemplará a implantação e a pavimentação do Contorno do município, em um percurso de 7,4 quilômetros. A rodovia que liga os municípios de Divino São Lourenço e Guaçuí receberá um investimento em pavimentação na ordem de R$ 13 milhões. As obras também serão realizadas no município de Vargem Alta.

Em Marataízes, no litoral Sul do Estado, haverá a construção da ponte de Caculucagem, que interliga o município à Presidente Kennedy. Na região da Grande Vitória, as obras de pavimentação serão retomadas na localidade de Xuri, em Vila Velha, até Amarelos, em Guarapari, em um trecho de 17,4 quilômetros, com um investimento de R$ 51 milhões.