• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Projeção do Focus para Selic no fim de 2018 segue em 7,00% ao ano, mostra BC

  • COMPARTILHE
Economia

Projeção do Focus para Selic no fim de 2018 segue em 7,00% ao ano, mostra BC

Na quarta-feira passada, dia 6, o Copom reduziu a Selic em 0,50 ponto porcentual, de 7,50% para 7,00% ao ano

Brasília - Mesmo após o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central indicar a possibilidade de novo corte de juros em fevereiro, os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic para o fim de 2018. O Relatório de Mercado Focus trouxe nesta segunda-feira, 11, que a mediana das previsões para a Selic no próximo ano seguiu em 7,00% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar.

Na quarta-feira passada, dia 6, o Copom reduziu a Selic em 0,50 ponto porcentual, de 7,50% para 7,00% ao ano. Este é o menor porcentual da história. Além disso, o colegiado sinalizou que, caso o cenário evolua como esperado, pode promover corte de 0,25 ponto porcentual em fevereiro, para 6,75% ao ano. Essa decisão dependerá, na visão de analistas, do andamento da reforma da Previdência no Congresso.

No Focus agora divulgado, a Selic média de 2018 permaneceu em 6,78% ao ano, ante 6,88% quatro semanas atrás.

Para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções (Top 5) de médio prazo, a taxa básica terminará 2018 em 6,50% ao ano, o mesmo porcentual projetado uma semana e um mês antes.

Aberturas

Os economistas do mercado financeiro projetam que a Selic (a taxa básica de juros) cairá 0,25 ponto porcentual em fevereiro, de 7,00% para 6,75% ao ano. Neste ponto, o Banco Central encerraria o atual ciclo de cortes de juros. Essas projeções fazem parte do Sistema de Expectativas de Mercado do relatório Focus, divulgado nesta segunda pelo BC.

Os dados do Focus indicam ainda que o mercado espera pela manutenção da Selic em 6,75% ao ano até dezembro de 2018, quando o BC daria início a um novo ciclo, com alta de 0,25 ponto porcentual da taxa básica, para 7,00%. Nova elevação é esperada para fevereiro de 2019, para 7,25%. Depois, a projeção é de alta para 7,50% ao ano em março, para 7,75% em abril e para 8,00% em maio.