• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após divórcio de Chris Pratt, Anna Faris revela que não acredita mais em casamento

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Após divórcio de Chris Pratt, Anna Faris revela que não acredita mais em casamento

Anna Faris participou do podcast do ator Dax Shepard e falou bastante sobre o seu casamento com Chris Pratt, que chegou ao fim em agosto de 2017. Anna confessou que o divórcio fez com ela não acreditasse mais em casamento - ainda mais porque ela foi casada com Ben Indra por quatro anos antes de Pratt.

- Eu sou romântica, eu acredito na parceria. Eu acredito no companheirismo. Eu só não sei se eu acredito na cerimônia do casamento necessariamente - já que eu só casei com os meus amigos. Eu preciso entender qual é o propósito. Tipo, faz bem para as crianças? É só uma convenção? É só para as outras pessoas respeitarem mais o seu relacionamento? Eu só não entendo onde isso se encaixa para mim, especialmente porque parece tão fácil se casar, mas daí tem uma outra série de termos como o Estado envolvido.

A atriz também admitiu que ela e Pratt criaram uma imagem de relacionamento perfeito nas redes sociais.

- Eu realmente acho que obviamente cultivamos algo e foi vantajoso por um tempo. As pessoas achavam que estávamos fazendo aquela m***a certa. E nós conversamos e comentamos que decepcionamos os nossos fãs... Recebemos no Twitter que o amor tinha morrido. Acho que nos sentimos culpados, embora o nosso casamento tenha sido incrível e nossa amizade seja ótima agora. Amamos nosso filho até a morte e tenho muito orgulho disso, porque não sei se fiz tão certo da primeira vez que me casei.

A estrela da série Mom ainda contou que se irritou um pouco com a reação dos fãs com o término.

- Tive um sentimento infantil do tipo Ah, cresçam!, tive um pouco de raiva. Mas isso também não é justo, porque foi algo que eu cultivei. Nós cultivamos constantemente esta ideia de Olha essa família perfeita! E tiveram tantos momentos iguais aqueles, mas claro que, como qualquer outra coisa nas redes sociais, você não posta os momentos ruins. Eu acho que é muito difícil ser genuíno, mas é um desserviço que as pessoas não sejam.