• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sabrina Sato diz que editor que sabotou seu programa pediu desculpas

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Sabrina Sato diz que editor que sabotou seu programa pediu desculpas

Sabrina Sato deu uma entrevista ao jornalista Mauricio Stycer e falou sobre sua relação com Emílio Surita, com quem trabalhou no programa Pânico durante dez anos. Ela ainda comentou sobre o fim da atração, que deixou a TV e migrou para o rádio.

- Tenho um carinho, respeito, uma admiração eterna e um respeito sem fim. Foi um pai, um mestre. Fiquei muito triste, mas o Pânico só na rádio e na internet, tem um público fiel. É triste, mas o que manda hoje em dia é o faturamento.

Sabrina acredita que a televisão irá continuar somente pelo recurso do ao vivo, que funciona bem com jornalismo e esporte.

- Eu tenho essa consciência de que, hoje em dia, só alguns programas de auditório irão sobreviver. A gente vai ter que se reinventar dentro dessa proposta.

E será que a japa assiste ao Big Brother Brasil atualmente? Lembrando que ela foi uma das participantes da terceira edição do programa.

- Fiquei um tempo sem ver Big Brother depois que eu participei. Porque mexeu um pouco com meus sentimentos. Mas depois eu voltei a ver algumas coisas. O problema de ver reality é que você não consegue parar.

Em fevereiro deste ano, um editor da Record foi demitido e apagou todo o conteúdo do Programa da Sabrina que iria ao ar dias depois. Ela só foi saber da sabotagem bem depois, no Baile da Vogue. Quase dois meses depois, a artista falou sobre o assunto.

- Eu acho que ele se arrependeu muito. Foi um surto, mas ele se arrependeu. Ele estava desde o início com a gente e sempre trabalhou direitinho. Foi um momento difícil. Ele pediu desculpas não diretamente, mas por outras pessoas.

E quais são os planos profissionais de Sabrina daqui para frente?

- Tenho o sonho de fazer o Programa da Sabrina crescer e melhorar cada vez mais, para ter uma interação maior com o público e com as pessoas nas ruas. Tenho vontade de fazer um programa só com mulheres, conversando. Tenho vontade de fazer programas de moda e de beleza. Acho que tem tudo a ver comigo.