• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chineses promovem boicote à Balenciaga após confusão em loja

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Chineses promovem boicote à Balenciaga após confusão em loja

Consumidores chineses estão promovendo um boicote à grife Balenciaga por causa de um vídeo que está circulando em duas redes sociais famosas na China. Nas imagens, um homem chinês aparece sendo segurado com brutalidade por seguranças durante uma confusão em uma loja da grife em um shopping de luxo em Paris.

O internauta Paituzhuli, que postou pela primeira vez a filmagem, escreveu: "Chineses que vivem no exterior são sempre a minoria. Eu entrei em filas para comprar o (tênis) Triple S todos os dias e, em todas as ocasiões, franceses e albaneses entraram em minha frente e eu não pude fazer nada", escreveu.

"Hoje, uma senhora chinesa reclamou que cinco albaneses estavam cortando a fila. Um deles a empurrou e tentou bater nela. O filho dela entrou na frente para protegê-la e acabou apanhando. Quando os seguranças franceses chegaram, eles só seguraram o chinês. É frustrante ver a Balenciaga humilhando os clientes chineses que fazem filas em suas lojas. Eles pediram para nos retirarmos e nunca mais voltar para comprar seus sapatos."

Além da grande repercussão do caso nas redes sociais Weiboe WeChat, o Instagram da grife foi invadido de criticas ao comportamento dos seguranças e chineses pedindo boicote à grife.

Nesta quinta, 26, a empresa soltou um comunicado dizendo lamentar o ocorrido. "A Balenciaga lamenta o incidente que ocorreu na manhã de ontem em uma loja em Paris enquanto alguns clientes esperavam na fila. Os seguranças agiram imediatamente para acalmar a situação. A Balenciaga pede desculpas sinceras a todos os presentes e reafirma o forte compromisso de respeitar igualmente todos os consumidores.