• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:
  • COMPARTILHE
Entretenimento

Gugu repaginado

Pela primeira vez em mais de 40 anos de carreira, Gugu Liberato apresentará uma atração que não é um programa de auditório. O apresentador está de volta às telinhas no comando do reality show Power Couple Brasil, que estreia na Record nesta terça-feira, 24. "Nunca deixei de participar da criação de um programa de TV. É absolutamente diferente de tudo que já fiz antes", diz ele.

Ao lado do diretor do núcleo de reality shows da emissora, Rodrigo Carelli, Gugu Liberato foi oficialmente apresentado à imprensa como comandante da nova atração na semana passada. Na ocasião, a reportagem do jornal O Estado de S. Paulo visitou a casa, localizada na região de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, onde se passará todo o programa.

Além disso, uma vez por semana, sempre às terças-feiras, Gugu comandará a atração ao vivo. A plateia, algo tão característico e marcante em sua carreira, também estará presente. "Tenho experiência com provas e brincadeiras no Domingo Legal e no Viva a Noite. Vou trazer um pouco disso para o Power Couple Brasil", diz Gugu.

Antes apresentado por Roberto Justus, o Power Couple Brasil chega à sua terceira temporada em 2018. Exibido de segunda a sexta-feira, sempre à noite, após o Jornal da Record, o reality mostrará o cotidiano de 11 casais que disputarão um prêmio total que pode superar o valor de R$ 1 milhão. Para isso, marido e mulher precisarão realizar apostas de até R$ 40 mil nas provas individuais e em dupla.

Além das dinâmicas, o programa apresentará a convivência deles, que estarão confinados na casa. Casais como Aloísio Chulapa (ex-jogador de futebol) e Luisa Albuquerque, Mc Créu (funkeiro) e Lilian Costa, e Marlon (cantor sertanejo) e Leticia Oliveira já foram confirmados.

Sobre as comparações com Justus, Gugu diz não se importar. "A minha identidade virá com o tempo. Vou fazer do meu jeito. A única exigência que fiz foi a de me movimentar mais. Queria ficar mais perto dos participantes. O dia a dia vai dar mais a minha cara ao programa", conta Gugu. "Sou movido a desafios. Quando entro na rotina, já quero inovar. Não aguento ficar fazendo a mesma coisa sempre. Pedi para mudar de ares", complementa Gugu.

Em janeiro de 2018, após 3 anos no ar com o Programa do Gugu, ele acertou sua renovação de contrato com a Record por mais um ano. No segundo semestre, o apresentador ainda terá um outro programa na emissora. Segundo Carelli, "um formato inédito e original nunca visto antes". "Eu não pensava em apresentar um reality show. Resisti um pouco no início, mas justamente por não saber do que se tratava. Me surpreendi com a estrutura. Vai ser um Power Couple diferente do anterior. Teremos plateia e toda terça, dia da eliminação de um dos casais, nós vamos fazer o programa ao vivo. São todos elementos com que me identifico muito", afirma. "Um apresentador precisa ter liberdade. Se for muito amarrado, não fica espontâneo. Eu nunca tinha trabalhado com ponto. A primeira vez foi aqui na Record", complementa.

Década de 1990

Muitos são os clássicos que marcaram a carreira de Gugu Liberato. Banheira do Gugu, Concurso Gata Molhada, Táxi do Gugu, Gugu na Minha Casa e a Prova da Bexiga: quem não se lembra dessas pérolas vespertinas (e até noturnas).

Gugu Liberato, certamente, é memória viva de quem cresceu vendo TV na já saudosa década de 1990. O apresentador, no entanto, tem dúvidas sobre repetir a dose de descontração e entretenimento nos tempos atuais. "Jamais faríamos hoje na televisão brasileira o que fazíamos na década de 1990. A patrulha é muito maior. Eu, particularmente, acho bem chato. Fere a liberdade e a criatividade", diz ele.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.