• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bispo cita Martin Luther King a Harry e Markle em sermão no casamento real

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Bispo cita Martin Luther King a Harry e Markle em sermão no casamento real

O reverendo, primeiro negro a ser eleito presidente da Igreja Episcopal norte-americana, foi escolhido pelo casal para fazer um sermão na cerimônia

O líder da Igreja Episcopal dos Estados Unidos, Michael Bruce Curry, citou famoso discurso de Martin Luther King Jr. sobre o "poder redentor do amor" enquanto abençoava o casamento do príncipe Harry e da atriz Meghan Markle, neste sábado, na capela St. George, em Windsor

O reverendo, primeiro negro a ser eleito presidente da Igreja Episcopal norte-americana, foi escolhido pelo casal para fazer um sermão na cerimônia. Ele disse aos noivos que "o amor pode ajudar e curar quando nada mais pode". Curry, religioso defensor das causas dos direitos civis, continuou: "Isso não é apenas para e sobre um jovem casal, com quem nos alegramos, é mais do que isso".

Invocando os dias de escravidão nos Estados Unidos, ele disse que o amor se amplia em seu conceito, ajudando na perseverança daqueles que permaneceram em cativeiro por muito tempo. Curry ainda falou novamente do poder de mudança do amor. "quando o amor é o caminho, nós realmente tratamos uns aos outros, bem, como se fôssemos uma família de verdade", disse em sermão durante o cerimonial de casamento da família real britânica.

Participação negra

O coro gospel The Kingdom Choir, formado por cantores negros, emocionou o público com uma versão de Stand by me, de Ben E. King. Também no lado artístico e musical o violoncelista ganhador do prêmio de jovem instrumentista da BBC, em 2016, Sheku Kanneh-Mason, de apenas 19 anos, interpretou com maestria e irreverência algumas músicas, entre elas Ave Maria, de Franz Schubert. Fonte: AP