• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Harvey Weinstein se entrega à polícia e atrizes comemoram: Um passo mais perto da justiça

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Harvey Weinstein se entrega à polícia e atrizes comemoram: Um passo mais perto da justiça

Os escândalos envolvendo Weinstein começaram a surgir em outubro de 2017, quando várias mulheres, dentre elas a atriz Ashley Judd, relataram ao jornal New Yorker terem sido vítimas de assédio do produtor

Harvey Weinstein se entregou à polícia de Nova York, nos Estados Unidos, na manhã desta sexta-feira, dia 25. O produtor de cinema, já considerado um dos mais poderosos de Hollywood, recebeu mais de 75 denúncias de assédio, incluindo estupro. Ele, no entanto, nunca assumiu as acusações.

Os escândalos envolvendo Weinstein começaram a surgir em outubro de 2017, quando várias mulheres, dentre elas a atriz Ashley Judd, relataram ao jornal New Yorker terem sido vítimas de assédio do produtor. As denúncias, que também se estenderam para outros grandes nomes de Hollywood, motivaram o movimento Me Too - que deu voz às pessoas contarem seus próprios casos de assédio - e o Time's Up.

Rose McGowan, uma das atrizes que mais se pronunciou sobre o assunto, comemorou a possibilidade de Harvey ser preso. Na última quinta-feira, dia 24, quando o produtor ainda não havia se entregado à polícia, a atriz escreveu em seu Instagram:

Eu, e muitas outras vítimas de Harvey Weinstein, estamos esperançosas que nosso estuprador poderá ser responsabilizado pela lei. 20 anos atrás, eu jurei que corrigiria isso. Hoje nós estamos um passo mais perto da justiça. Nós éramos jovens mulheres que foram assediadas por Weinstein e depois aterrorizadas pela sua vasta rede de cumplicidade. Eu permaneço com minhas colegas sobreviventes. Que a sua prisão dê esperança para todas as vítimas e sobreviventes que estão contando suas verdades.

Outras atrizes também se pronunciaram por meio das redes sociais.

Um amigo me enviou isso com a mensagem: Karma nunca erra um endereço, escreveu a diretora Ava DuVernay, compartilhando um link da notícia de que Weinstein se entregaria a qualquer momento.

A atriz Annabella Sciorra publicou a mesma matéria e comemorou: Mal posso esperar.

Ashley Judd, por sua vez, limitou postar o link, sem deixar nenhum comentário no Twitter.