• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Valério Vieira mostra dois bairros centrais numa foto

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Valério Vieira mostra dois bairros centrais numa foto

Valério Vieira (1861-1941) é considerado um dos grandes retratistas da cidade de São Paulo. Mas ele foi muito mais do que isso. Um inovador no fazer fotográfico. Nos primeiros anos do século 19 andou tranquilamente por várias áreas da criação: fotografia, pintura e música. Nascido em Angra dos Reis, muda-se para São Paulo em 1890, onde começa a se destacar na fotografia. Em 1905 consegue apresentar sua primeira panorâmica. Um painel de 12 metros de comprimento. Mas será em 1919 que ele vai realizar sua segunda panorâmica, um painel de 360 graus. O pedido é feito pela prefeitura de São Paulo para ser apresentado nos festejos da Independência em 1922. A imagem, conhecida como Panorama de São Paulo, foi feita a partir da junção de cinco fotografias e possui 16 metros de extensão por 1,42 metro de altura, ampliada com o apoio técnico do químico Conrado Wessel (1891-1993). Foi pintada por Valério Vieira, numa técnica conhecida como foto-pintura: "Ela apresenta os bairros da Luz Santa Ifigênia e Campos Elísios, registrando o começo da industrialização de São Paulo", nos conta Renato de Cara, diretor do departamento dos museus municipais.

A imagem que foi já apresentada e restaurada pelo MIS em 1998 passou a ser imagem permanente do Museu em 2006. Quem capitaneou o importante e difícil trabalho de recuperação da imagem foi a restauradora Florence Maria White de Vera. E foi ela mesma que foi chamada no ano passado, em 2017, para uma nova restauração da tela. Desta vez ela contou com a participação da também restauradora Ana Maria Caires Scaglianti e com o suporte de Mariza Melo que é conservadora e restauradora do Museu da Cidade. Até o final de setembro será possível ver não apenas a imagem de Valério Vieira, mas apenas uma técnica e estética fotográfica do início do século 20, mas o trabalho minucioso de quem guarda nossa memória. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

EQUAÇÕES DA METRÓPOLE

Casa da Imagem e Solar da Marquesa de Santos. Rua Roberto Simonsen, 136, tel. 3105 6122 ramal 203. 3ª a dom., das 9 h às 17h. Grátis. Até 30/9.