• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Apresentadora Cuca Lazzarotto revela luta contra a depressão

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Apresentadora Cuca Lazzarotto revela luta contra a depressão

A apresentada Cuca Lazzarotto, uma das VJs originais da antiga MTV Brasil, revelou em entrevista para o programa "Morning Show", da rádio Jovem Pan, que luta contra a depressão há quatro anos. No programa apresentado pelo seu ex-colega de emissora Edgard Piccoli, ela disse que resolveu contar sua história para conscientizar as pessoas sobre o assunto.

"Eu estava em período de muito trabalho em 2014, muito cansada. Trabalhava sete dias por semana. Não parava. Até que percebi que estava absolutamente esgotada. Tinha dor no corpo inteiro. Vivia tomando anti-inflamatório e analgésico para conseguir dar conta", desabafou a jornalista.

"Estava cansada, exausta, sem energia para viver, falar ou estar com ninguém. Aí procurei uma grande amiga que é psicóloga. Ela me disse que eu não estava legal e precisava me tratar. E me encaminhou para uma pessoa delicada que me acolheu. Comecei terapia. Estava indo bem, tentando melhorar. Aí minha mãe morreu", disse, relembrando o episódio que desencadeou a doença.

Para piorar o cenário, Cuca disse que um desentendimento com o marido e as poucas oportunidades na televisão a jogaram em buraco difícil de sair. "Naquela noite (do desentendimento) eu joguei a toalha. Conversei com Deus e disse para ele que não queria mais. Deu para mim. Não vou fingir que consigo porque não consigo. Não pensei em tirar minha vida porque acredito que não tenho esse direito. Mas pedi para morrer. Pedi mesmo", disse.

Após fazer tratamento psicológico e tomar remédios para a depressão, Cuca diz que hoje está bem e resolveu contar sobre sua luta contra a doença como forma de terapia. "Entrei em um nó enorme com tudo isso e quis estar aqui para falar pela primeira vez. Resolvi abraçar a causa. Esse problema é muito grave mundialmente. As pessoas ainda não respeitam, não reconhecem. Eu demorei tempo demais para assumir que estava doente. Falar pode ajudar outras pessoas", raciocinou a apresentadora, que tem passagens pela Globo, TV Brasil, TV Cultura e pelo Disney Channel.