Espetáculo 'Rubem Braga – A Vida em Voz Alta' terá ingressos gratuitos nesta quinta

Entretenimento

Espetáculo 'Rubem Braga – A Vida em Voz Alta' terá ingressos gratuitos nesta quinta

Como maneira de fomentar a arte durante o período de pandemia, projeto Teatro na Estrada chega a Vitória para apresentação presencial e gratuita seguindo todas as medidas de distanciamento e higiene previstas

Thamiris Guidoni

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação/Secult
O espetáculo acontece no Palácio de Cultura Sônia Cabral, na capital

O espetáculo “Rubem Braga – A Vida em Voz Alta” acontece na próxima quinta-feira (30) no Palácio de Cultura Sônia Cabral, em Vitória. Com sessão gratuita e aberto a ONGs e ao público geral, o espetáculo começa às 19h30.

Nesta nova edição, os capixabas terão a oportunidade de assistir ao espetáculo presencialmente. Como o próprio nome sugere, o projeto também irá cair na estrada e fará apresentações em diversas regiões do Brasil. 

Ainda este ano, a iniciativa apresentará espetáculos nas cidades do Rio de Janeiro, Recife, Barueri, Santo André, Curitiba, Salvador, Goiânia, Fortaleza, Belo Horizonte, além de São Paulo, por onde já passou. 

O Teatro na Estrada pretende aproximar o público de várias regiões à arte e à produção cultural brasileira, além de valorizar as ações de artistas do Brasil.

Sobre o espetáculo

Tendo por base crônicas, poemas e passagens biográficas de Rubem Braga, o monólogo “Rubem Braga: a vida em voz alta” apresenta o escritor no seu apartamento - em meio a recordações sobre velhos amigos e amores, a infância no interior, a carreira jornalística e literária e a luta contra o autoritarismo - desenvolvendo o que poderia ser a sua crônica derradeira, ou apenas só mais um trabalho.

Reconhecido como um dos maiores escritores do país e considerado o fundador da crônica moderna, o escritor e jornalista Rubem Braga nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, em 1913, e faleceu no Rio de Janeiro, em 1990. 

Com uma incrível produção de mais de quinze mil crônicas, Braga passou por diversos jornais do Brasil, tendo realizado entrevistas com grandes nomes da cultura mundial do século XX, como Sartre, Neruda e Picasso, e tendo feito a cobertura de conflitos militares como a Revolução Constitucionalista de 1932, no Brasil, e a Segunda Guerra Mundial.

Para dar vida ao escritor, foi convidado o veterano ator capixaba José Augusto Loureiro, cuja carreira, além da participação em diversas montagens teatrais no estado, inclui papeis em filmes como Lamarca e Policarpo Quaresma.

O interesse pela realização de tal montagem está ligado a dois fatores principais. O primeiro leva em consideração o fato de Rubem Braga ser o escritor capixaba que obteve maior reconhecimento literário em nível nacional. 

E, como segundo fato, falar da cultura de nosso estado, ainda tão pouco conhecida no restante do País, sempre foi uma preocupação tanto da WB, idealizadora da peça, quanto da Folgazões, cia convidada. 

Além disso, num momento em que o Brasil vive um lamentável período de avanço da desigualdade, do autoritarismo e da intolerância, falar sobre Rubem Braga é também assumir uma posição contra esse quadro desolador.

Seja por meio de suas crônicas, seja pela análise de sua biografia, fica claro que o escritor sempre foi um defensor da liberdade e de condições de vida mais dignas para a população mais simples de nosso País.

“Quando me foi proposto o estimulante desafio de escrever um monólogo sobre Rubem Braga, a primeira coisa que me veio à mente foi o receio de escolher as palavras erradas para falar sobre alguém que tão bem sabia manejá-las. 

Optei, portanto, por prender a respiração, abrir bem os olhos e mergulhar na imensidão de seus textos. E tal qual um pequeno lambari – que tanto marcou a infância do escritor – segui nadando e me alimentando de sua poesia, inteligência, sensibilidade e coragem diante da vida e da morte”, conta o autor Duílio Kuster.

A temporada de Teatro na Estrada é apresentada por Ministério do Turismo e Raia Produções, além de ter patrocínio da XP Investimentos. Os ingressos são gratuitos e limitados a capacidade atual do teatro em respeito às normas de distanciamento social.

“Rubem Braga – A Vida em Voz Alta”, no dia 30 de setembro às 19h30.

Local: Palácio de Cultura Sonia Cabral - Praça João Clímaco, s/n - Centro, Vitória

Ingressos: gratuitos. Os ingressos devem ser retirados uma hora antes de cada apresentação na bilheteria do teatro.

Capacidade: 50 lugares (50% da capacidade total do teatro com distanciamento social).