• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Blac Chyna consegue ordem de restrição contra Rob Kardashian

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Blac Chyna consegue ordem de restrição contra Rob Kardashian

Após a decisão do juiz, Chyna saiu do tribunal e deu entrevista ao repórteres que estavam do lado de fora

Nessa segunda-feira, dia 29, Blac Chyna foi vista em um tribunal de Los Angeles com sua advogada, Lisa Bloom, seu representante e também outro advogado, Walter Mosley, além de um grupo de amigos. Segundo informações da People, ela agora conseguiu uma ordem de restrição temporária, para que Rob Kardashian seja impedido de se aproximar dela.

Após a decisão do juiz, Chyna saiu do tribunal e deu entrevista ao repórteres que estavam do lado de fora:

- Eu primeiramente gostaria muito de agradecer ao juiz por me dar essa ordem de restrição para me proteger e agora vou voltar cuidar de Dream, disse, se referindo à Dream Renée, filha que nasceu da relação de Chyna com Rob.

A advogada dela também se pronunciou e explicou que tudo o que elas queriam, elas conseguiram. Rob agora terá que ficar longe da ex-companheira, além de estar proibido de fazer cyberbullying, além de não poder falar, citar e nem postar nada - incluindo fotos e vídeos - sobre ela nas redes sociais.

- Como nós dissemos o tempo todo, revenge porn (divulgar fotos íntimas com a intenção de humilhar pessoas de relacionamentos passados) é uma forma de abuso doméstico e também é um crime na Califórnia e outros 38 estados, além de ser errado. Eu tenho ficado muito feliz em estar ao lado de Chyna e Walter nesta questão importante dos direitos das mulheres.

Rob não foi ao tribunal, mas seus advogados, Robert Shapiro e Samantha Klein, estiveram lá para representá-lo. Shapiro, inclusive, disse em entrevista ao TMZ que Rob vai aceitar a ordem de restrição, além de explicar que o cyberbullying que ele fez foi uma reação espontânea a qual ele se arrepende. No tribunal, o advogado explicou que o Kardashian não marcou presença, pois não achava que teria necessidade em contestar a decisão da ordem de restrição, ou seja, ele aceitou os termos sem querer brigar.