• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mariana Ferrão fala sobre o fim da amamentação: O estresse estava secando meu leite

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Mariana Ferrão fala sobre o fim da amamentação: O estresse estava secando meu leite

Mariana Ferrão, mãe de Miguel, de três anos de idade, e João, de apenas um, resolveu desabafar sobre sua experiência de amamentação com os dois pequenos

Muitas famosas fazem questão de retratar a maternidade como é. Mariana Ferrão, mãe de Miguel, de três anos de idade, e João, de apenas um, resolveu desabafar sobre sua experiência de amamentação com os dois pequenos. Em seu Instagram, ao invés de apenas destacar a importância da amamentação, ela falou do luto que sentiu ao voltar ao trabalho e, ao mesmo tempo, vivenciar o fim da amamentação:

Eu chegava em casa e o que mais queria era por o Miguel no peito. Sentir aquela conexão inabalável e a certeza de que ali eu estava no lugar onde tinha que estar. Senti que alguém realmente precisava de mim. Mas o estresse estava secando meu leite. Os peitos murcharam e o Miguel, sempre glutão, começou a não querer mais mamar. Enquanto ele virava o rosto, eu inclinava meu queixo para cima na tentativa de conter as lágrimas.

A mamãe ainda insistiu por um mês na amamentação, mas desistiu quando ele tinha oito meses e pediu que o marido filmasse a última vez. Sem conseguir dividir sua dor, ficou com o luto represado e o medo da história se repetir. Mas com João foi um pouquinho diferente:

Deixei todas as manobras de lado e deixei ele ficar no peito o quanto quisesse, mesmo que dormisse no meio da mamada. Parei de ter vergonha de amamentar em público e, pela primeira vez, entendi que a livre demanda era na verdade, a maior liberdade que uma mãe pode ter. [...] João demorou mais a engordar que o Miguel. E que disse que os irmãos têm que engordar igual? Em que manual está escrita esta regra?

O problema da escassez de leite persistiu, mas dessa vez a apresentadora não deixou que o estresse a abatesse. Recorreu à meditação e ao acolhimento instantâneo de conversar a respeito para que o fim da amamentação fosse vivido de forma mais leve:

Peguei o João no colo e ele disse: Mama, mama. Percebi que meu peito estava vazio. Ele tentou sugar. Disse: Ma, querendo mais. Mudei ele de peito. Não resolveu. Filho, acho que o leite da mamãe está acabando. Miguel fez um cafuné que penteou todo o cabelo que João ainda não tem. Não tem mais nada aí, Pupão. João olhou para o irmão com um olhar suave, tranquilo. Olhou para mim. Só senti meus olhos refletirem a doçura da cena. João levantou do meu colo e foi brincar com o irmão na sala. Depois nós três tomamos café da manhã juntos.