• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

No MasterChef, bolo mais bonito do dia é eliminado em episódio centenário

  • COMPARTILHE
Entretenimento

No MasterChef, bolo mais bonito do dia é eliminado em episódio centenário

Frabrizio fez um bolo bem bonito, mesmo assim acabou sendo eliminado. O programa comemorou nesta última terça-feira, 11, cem episódios transmitidos

O último episódio do MasterChef Brasil, exibido na terça-feira, dia 11, foi muito especial! Isso porque o programa atingiu a marca de 100 episódios transmitidos e estava em total clima de festa. Mas mesmo com as comemorações, os participantes não escaparam da eliminação, que foi bastante disputada em duas provas de tirar o fôlego! O primeiro desafio levou os cozinheiros a uma feita gastronômica, para que eles pudessem se inspirar em imigrantes e na cultura gastronômica de seus países. Os participantes, então, aprenderam sobre a riqueza de sabores e as particularidades do Congo, Haiti e Síria.

Vencedora da última prova de eliminação, Michele optou pelo avental vermelho para liderar sua equipe. Ela ainda escolheu Miriam como capitã da equipe adversária. E esse desafio foi bem importante para os competidores, já que, para a alegria de muitos, foi a última prova em grupo desta edição do MasterChef. Finalmente, não é?

A equipe de Miriam, que contava ainda com Victor V., Vitor B. e Deborah, resolveu fazer picadinho de cordeiro com arroz aromático como prato principal. De sobremesa, o Azul elaborou um bolo de especiarias com calda de laranja. Do outro lado, o suposto time perfeito de Michele, Leonardo, Valter e Fabrizio trabalhou com afinco. O Vermelho fez kafta de cordeiro e alcatra com salada de feijão como prato principal. Como sobremesa, o time de Michele fez torta folhada de maçã e nozes com creme inglês.

Deboche não agradou o público

No meio da prova, Fabrizio se distraiu e cortou o dedo, deixando todo mundo aflito! Felizmente, o participante conseguiu continuar cozinhando após um rápido atendimento médico. No final, os grupos tiveram que encantar os convidados imigrantes e, claro, os chefs. Mas a votação acabou dando empate e Paola Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin escolheram o Azul como melhor do dia.

Leonardo, Fabrizio, Valter e Michele perderam a prova em grupo e tiveram que preparar o doce. Leonardo usou café em seu bolo, que não ficou muito bonito, mas estava gostoso. Valter fez pão de ló com chantilly e recebeu elogios, mesmo com um apresentação incorreta. Fabrizio preparou o doce com a apresentação mais bonita, mas pecou no sabor. Michele, nas palavras de Paola, fez um bolo de princesa e dividiu opiniões. Na avaliação final, Valter surpreendeu e foi declarado o vencedor pelos chefs. Leonardo, talentoso com doces, fez o pior bolo, ao lado de Fabrizio, mas infelizmente não deu para o baiano e ele foi eliminado.

Deborah e Victor V. começaram a ironizar a saída de Fabrizio quando estavam no mezanino. Ela chegou a cantar Ai, ai, aiai, tá chegando a hora e Não vá embora, vou morrer de saudade junto com o amigo, mas a atitude foi considerada desrespeitosa pelos fãs do programa, que dispararam críticas nas redes sociais.

Leonardo, transtornado com a vitória de Valter, disse que não concorda com a decisão de Paola, Fogaça e Jacquin. O público também criticou a postura do competidor, já que o participante estaria confrontando a escolha dos especialistas do programa, que são os chefs.