• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Eliana explica escolha do nome da filha e revela cirurgia no início da gestação

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Eliana explica escolha do nome da filha e revela cirurgia no início da gestação

Em entrevista a apresentadora abriu o coração ao revelar como foram os dias que passou internada no hospital após ter um descolamento de placenta, à levando ao repouso absoluto durante toda a gestação

Eliana levou seus fãs às lágrimas no último domingo, dia 6, quando falou pela primeira vez sobre os momento difíceis que está vivendo durante a gestação de Manuela, sua segunda filha. Em entrevista à Chris Flores, exibida no Programa da Eliana, a apresentadora, que está sendo substituída por Patricia Abravanel no SBT, abriu o coração ao revelar como foram os dias que passou internada no hospital após ter um descolamento de placenta, à levando ao repouso absoluto durante toda a gestação. Agora, completando oito meses de gestação e fora de perigo, ela recebeu a jornalista na casa de sua mãe, onde está sendo amparada pela família:

- Tinha gravado na terça-feira e estava super bem. Na quarta-feira eu estava vivendo minha vida normalmente e tive um sangramento, uma hemorragia, do nada. Eu não senti dor, não estava fazendo nada que causasse isso e fui parar no hospital. O médico ficou muito preocupado porque poderia afetar o bebê, então a primeira coisa a ser vista foi o cérebro e o coração dela, para só então descobrir o que tinha acontecido comigo. Graças a Deus estava tudo bem com ela. 

Eliana ainda completou: 

- Ai eu foram me examinar e viram que eu tive foi o descolamento de placenta. Durante a gestação, normalmente a placenta sobe, no meu caso ela desce, minha placenta é muito baixa. Mas, a Manu é muito guerreira. Eu fiz sem que ninguém soubesse uma cirurgia. Quando ela tinha 11 semanas nós ficamos quatro horas em um centro cirúrgico. Ela foi monitorada o tempo inteiro e estava bem, coração batendo forte. Eu fiz uma cerclagem que é nova no Brasil. A minha foi feita por cima com um robô, e estou com cinco cicatrizes na barriga. Eu fiz, ela passou super bem, e eu achei que estava tudo ótimo. Só que ai eu não podia fazer mais nada, repouso absoluto. Eu fico pensando porque aconteceu tudo isso comigo? Hoje eu não sei te responder.

A apresentadora contou que a gravidez foi planejada e muito querida por ela e pelo noivo, o diretor Adriano Ricco. O casal já estava planejando aumentar a família desde 2016, mas só conseguiu engravidar no início deste ano. Em abril, a apresentadora anunciou que estava à espera de seu segundo filho, quando a gestação ainda estava indo bem. O susto de perder a filha a levou acreditar que estivesse sozinha:

- Os 30 dias de repouso foram super difíceis, eu quase perdi a Manu. Recebi muito apoio e muito carinho, mas você está gestando num momento de risco, dentro de um hospital e olhando uma mesma parede por 30 dias seguidos. Por mais que o Arthur fosse me visitar todos os dias, o Adriano, meu noivo, estivesse ali do meu lado, é um caminho que você faz sozinha, porque sou eu e ela. Mesmo com todo o carinho é muito ruim emocionalmente.

A solidão também se dá pelo fato de Eliana e Adriano morarem separados. Isso porque, o diretor trabalha na Globo, no Rio de Janeiro, dirigindo o Caldeirão do Huck, enquanto ela comanda seu próprio programa no SBT, gravado em São Paulo. A apresentadora acabou entregando que em breve eles estarão juntos em tempo integral, superando as barreiras da distância, já que teve todo o apoio das emissoras concorrentes para enfrentar o momento difícil:

- Em breve é que se tudo der certo, ele consiga transferência pra São Paulo e a gente possa construir nossa família sem a ponte aérea. Preciso agradecer em rede nacional a direção Rede Globo. Eles foram muito sensíveis neste momento. Assim como eu tive todo apoio da família Abravanel, assim como tive apoio do Silvio Santos, como tudo aconteceu. Ele me encorajou demais para ter o segundo filho, e ele é um grande mestre para mim. Todos os conselhos que ele já me deu na vida foram muito bons, e ele me disse: trabalho passa, família fica, tenha outro filho. Quando engravidei, a primeira pessoa que soube depois da minha família foi ele, e quando contei que estava no hospital e não sabia quando sairia ele ficou bem preocupado, mas ele foi muito carinhoso. Me disse para ter calma: Fica aí, cuida da sua filha e para de pensar no programa, agora cuida da sua família, da sua filha.

Longe do trabalho, de casa e do filho, Eliana explicou que Arthur, primogênito da família e fruto da relação com o ex-marido João Marcelo Bôscoli, soube entender a necessidade de não ter a mãe por perto por algum tempo:

- O Arthur é realmente uma criança boa, de índole boa. Mesmo que ninguém saiba, porque eu não exponho muito, porque eu não gosto e ele também não. Ele dá todos os dias oi pra irmã, da beijinho. Eu digo a ele que ela já ouve tudo. Então, ele vai lá e faz barulhinho perto. Ele não me cobrou nada, porque ele podia se angustiar. Criança dá aquilo que recebe. Ele é muito amado, sempre foi, por todos. Ele exala amor. Eu tenho certeza que a Manu vai ficar apaixonada pelo irmão que tem.

Eliana ainda entregou que esperou até ter a certeza que Manuela não corria mais risco de vida, para realizar o chá de bebê na companhia das amigas, além de comprar o enxoval:

- Aceitei fazer o chá de bebê, quando eu tive a noticia de que agora se nascer, vai dar tudo certo. Ai eu posso respirar mais aliviada? Pode. Ai eu aceitei reunir as amigas e fazer o chá de bebê. Antes o medo era o tempo inteiro, não tinha isso de curtir a barriga, era: Meu Deus, será que vai dar certo? Mas o fato é que ela já está grandinha, e passado quase dois meses de repouso absoluto, eu sei que se acontecer alguma coisa e eu parar no hospital ela é uma criança que vai sobreviver bem, sem sequelas e ser saudável no futuro. Minha mãe perguntava (do enxoval) e eu não queria verbalizar, mas estava com muito medo. Falei: não, não vou mexer nisso agora. Deixa passar essa fase crítica.

E o nome parece ter sido escolhido a dedo! A loira contou que foi Arthur quem deu a palavra final de como a irmã irá se chamar. O significado também mostrou à família, que realmente Manuela é um presente divino em sua vida:

- Significa Deus Conosco. O nome Manu estava na minha lista e do Adriano. E um belo dia fazendo um ultrassom, eu aluguei o aparelho e a gente se reúne e vê como ela tá aqui em casa. Ainda nem tinha nome e o Arthur até mandava beijo e falava "tchau sem nome", porque a gente não tinha escolhido ainda. Aí, um belo dia a gente assistindo, ele disse: Podia ser Manuela né? O Adriano disse: Ah acho que sim. Aí eu falei: Bonito filho, então vai ser Manuela. Quem deu o último veredicto foi o Arthur.

Por fim, Eliana ressaltou que quis expor todo o drama que está vivendo para falar sobre a importância da família. Com isso, ela se surpreendeu pelo apoio que recebeu dos fãs:

- Queria passar a importância de cuidar da minha família. Por mais que eu ame meu ofício, que eu faço desde os 14 anos e nunca deixei de trabalhar, eu precisava mostrar que era um momento muito difícil e era isso que eu tinha que fazer: salvar uma vida. Recebi muito apoio ouvindo histórias de outras mulheres que já passaram pelo que estava passando e venceram. Elas me deram força, e foi muito linda e essa inversão de papeis. Porque as vezes a gente sabe que nossa vida inspira quem tá em casa nos assistindo. E eu vi ali claramente, nos depoimentos, que foram milhares, de mulheres anonimas que me davam força e me ajudaram muito. As mães me mandavam fotos do bebê prematuro e a criança agora, rindo, feliz, saudável, foi lindo mesmo. A Xuxa foi muito carinhosa também, fofa demais. É que se eu falo uma, tenho que falar todas. Mas gente, obrigada demais. Costumo agradecer a cada dia que eu acordo e que eu vou dormir, mesmo na dificuldade eu continuo agradecendo, porque se eu estou passando por isso tenho certeza de que tem um motivo, um aprendizado muito grande que daqui um tempo eu vou entender qual foi. Quando a gente crê em Deus, ela está sempre do nosso lado.