• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

100 toalhas, água vulcânica da Indonésia e os pedidos malucos na história do Rock in Rio

  • COMPARTILHE
Entretenimento

100 toalhas, água vulcânica da Indonésia e os pedidos malucos na história do Rock in Rio

Pedidos dos artistas que se apresentarão no festival vão de minicenouras, suco verdes feitos na hora a dezenas de toalhas brancas

Grandes nomes da música, sete dias de shows e momentos inesquecíveis. Começa nesta sexta-feira (15), na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro, a 7º edição do Rock in Rio. . Além da presença de Lady Gaga, Maroon 5, Justin Timberlake, Aerosmith, Bon Jovi e Guns N' Roses, também aguça a curiosidade dos fãs a excentricidade das exigências dos famosos.

Assim como em edições anteriores,  os artistas que farão shows na Cidade do Rock fizeram uma série de exigências à organização do festival. Minicenouras e hummus (pasta de grão de bico) com pão pita, isotônicos, incensos variados e velas perfumadas estão entre os caprichos requisitados pelos astros em seus camarins. 

Shawn Mendes, um dos mais novos astros do pop internacional, hummus (pasta de grão de bico) com pão pita, baby carrots (minicenouras), isotônicos e chás variados. A banda 5 Seconds Of Summers pediu óleo essencial de eucalipto com um difusor em seu camarim.

Alicia Keys, a "Princesa do Soul" pediu incensos variados e velas perfumadas. Já a banda The Who, solicitou 100 toalhas brancas de banho e 20 pretas de rosto. E também o endereço de lojas de instrumentos musicais.

Já a badalada banda Guns N’ Roses, exigiu balas de gelatina em formatos de ursinho e caixa de bombons de chocolate variados. Mas os pedidos inusitados não param por aí. Justin Timberlake solicitou apenas água vulcânica extraída da Indonésia e o grupo Def Leppard, pediram cerveja de gengibre sem álcool, além de jornal e produtos que não seja geneticamente modificados.

Escândalos e esquisitices 

Após 32 anos e seis edições do evento, os pedidos saudáveis, em nada lembram os pedidos de uísques, vodcas, gins e os camarins destruídos em ataques de fúria das celebridades em edições anteriores.

Um dos exemplos foi o cantor Freddie Mercury, que exigiu que o corredor até seu camarim estivesse totalmente liberado para passar. A medida exigia que Erasmo Carlos, Ney Matogrosso, Alceu Valença, Elba Ramalho e bandas ficassem enfurnados em seus respectivos espaços. Já Erasmo resolveu ajudar o amigo, mas fez uma exigência em troca: duas garrafas de uísque.

O cantor Prince, em 1991, pediu 200 toalhas à produção, além de um restaurante exclusivo. Neste mesmo ano, Axl Rose, vocalista do Guns N' Roses, pediu  28 pratos de fettuccine. Só que, quando acabou o show, todos os músicos e a equipe foram embora sem tocar nos pratos.