• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Propaganda de papel higiênico preto com Marina Ruy Barbosa é criticada. Entenda a polêmica!

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Propaganda de papel higiênico preto com Marina Ruy Barbosa é criticada. Entenda a polêmica!

A marca foi acusada de racismo por internautas

O papel higiênico preto, lançado pela Personal na última segunda-feira (23), causou polêmica nas redes sociais. A marca, que escolheu a atriz Marina Ruy Barbosa como garota-propaganda, foi acusada por internautas de racismo e apropriação cultural ao usar a hashtag "Black is Beautiful". Isso porque, a expressão era usada na década de 1960 por artistas que se uniram em um movimento que se tornou símbolo na luta contra o racismo.

Os internautas caracterizaram a propaganda como oportunista e lamentaram o fato de a marca usar um slogan clássico do movimento negro para vender papel higiênico.

Após os comentários negativos, a Personal apagou a hashtag de suas redes sociais e também do site do novo produto.

Procurada pelo R7, a assessoria da Santher, fábrica de Papel Santa Therezinha S/A e detentora da Personal, não foi encontrada para prestar esclarecimentos.

Outra propaganda polêmica

Uma campanha da Avon tem causado polêmica e está dividindo opiniões nas redes sociais. No dia 13 de outubro, a empresa divulgou o trailer do filme "Repense o elogio", que faz um alerta aos pais em relação a forma como os filhos são elogiados.

A campanha insinua que algumas meninas não são chamadas de "princesa" devido às suas características. "Uma princesa é bonita, branquinha. Tem o cabelo liso, é o loiro meio castanho claro", afirma uma criança no vídeo.