• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Aguirre estreia no comando do São Paulo contra o São Caetano de Pintado

  • COMPARTILHE
Esportes

Aguirre estreia no comando do São Paulo contra o São Caetano de Pintado

O São Paulo faz neste sábado o seu primeiro jogo sob o comando do uruguaio Diego Aguirre. O técnico foi contratado no início da semana e começa sua trajetória com a missão de colocar o time nas semifinais do Paulistão. O duelo contra o São Caetano no ABC abre as quartas de final às 16 horas, no estádio Anacleto Campanella, no ABC. A volta está marcada para terça, no Morumbi.

Apesar de ter assumido os trabalhos no CT da Barra Funda só nesta sexta-feira, depois de regularizar seus documentos, o treinador já participou da montagem da equipe para os dois últimos jogos - 3 a 1 sobre o Red Bull Brasil, domingo passado, e 3 a 0 sobre o CRB, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

A parceria de Aguirre com André Jardine, auxiliar que estava no comando interino do time desde a saída de Dorival, anima a torcida e a diretoria. O clube vê com bons olhos a combinação da experiência de Aguirre com o conhecimento que Jardine, ex-técnico da base, já tem do elenco.

O duelo contra o São Caetano marca o primeiro encontro do São Paulo com o ex-auxiliar Pintado, que deixou o clube após a demissão de Rogério Ceni, em julho do ano passado. Em entrevista ao Estado no ano passado, o treinador disse que o time havia perdido a chance de se planejar para brigar por títulos, e adiantou que negociava com uma equipe para disputar o Estadual deste ano.

O elenco tricolor vai a São Caetano desfalcado de Hudson, com dores na coxa direita; Reinaldo e Sidão, já recuperados de lesão, mas que ainda aprimoram forma física. Anderson Martins, com dores na região dorsal, e Tréllez, no joelho direito, ambos titulares no último jogo, também não foram nem relacionados.

RIVAL EMBALADO COM PINTADO - Há cinco jogos sem perder, o São Caetano entrará em campo embalado. A classificação no Grupo B não só coroou o retorno do clube para a elite do futebol estadual, como também valorizou o trabalho do técnico Pintado, que assumiu já com a competição em andamento.

Quando Pintado assumiu, na sexta rodada da primeira fase, o São Caetano era o lanterna da competição, com apenas uma vitória e quatro derrotas. Ele chegou para o lugar de Luis Carlos Martins e conseguiu recuperar a confiança do elenco. Em sete jogos foram três vitórias, três empates e apenas uma derrota, com aproveitamento de 57%, garantindo a vice-liderança do grupo com 15 pontos.

Justamente por isso Pintado não tem motivos para mexer no time titular. A sequência de cinco jogos sem perder, aliado aos números do grupo com o treinador, assegura uma sequência maior aos jogadores que vêm atuando. Em contrapartida, o clube tem a pior defesa entre os classificados, com 14 gols sofridos, atrás somente do Novorizontino, que levou 17 em 12 jogos.

"Nós não vamos mudar. O São Caetano encontrou uma maneira de jogar. Uma maneira que todo mundo está feliz com o posicionamento escolhido, pois os resultados estão aparecendo. Vamos fortalecer aquilo que está sendo bem feito, mas precisamos ter sempre alguma surpresa", discursou o treinador, que não possui desfalque por suspensão para o jogo.