• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Aguirre já vê mudanças no São Paulo: 'Mentalidade vencedora'

  • COMPARTILHE
Esportes

Aguirre já vê mudanças no São Paulo: 'Mentalidade vencedora'

Se antes o torcedor do São Paulo reclamava que o time não tinha raça e, consequentemente, perdeu a competitividade nos clássicos com Corinthians, Palmeiras e Santos, a chegada do técnico Diego Aguirre já começou a mudar essa história. Para o uruguaio, inclusive, o comportamento dos jogadores foi decisivo para a vitória por 1 a 0 deste domingo sobre o Corinthians, no Morumbi, na primeira partida da semifinal do Campeonato Paulista. Segundo ele, o time apresentou a "mentalidade vencedora" que estava faltando antes da sua chegada ao clube, há duas semanas.

"Eu só tenho 10 dias aqui. Tenho ideias de coisas que o time tem de ter e uma delas é lutar, ter atitude e pressionar. O São Paulo precisa voltar a ter essa mentalidade vencedora", disse o uruguaio.

O treinador também destacou a postura defensiva da equipe. O goleiro Sidão, por exemplo, praticamente não foi incomodado. "Em um jogo decisivo assim, pensei em fazer algo mais defensivamente, e a partir daí construir coisas boas. Fico feliz que não tomamos gols, não lembro de situações de perigo contra a gente."

Aguirre, no entanto, tratou de conter a empolgação da torcida e lembrou que, apesar de o São Paulo ter a vantagem de jogar pelo empate na quarta-feira, a disputa ainda está aberta. "Os dois times tiveram desfalques, o que valoriza mais ainda a vitória. Hoje foi bom, mas não serve de nada se não conquistarmos a classificação. Acabou a primeira parte, mas ainda temos a segunda."

O garoto Liziero, de apenas 20 anos, foi bastante elogiado pelo uruguaio. "Ajudou muito, eu tenho muito cuidado para falar em titulares absolutos. É uma menino que jogou bem e tem de aproveitar as oportunidades para jogar. Ele ajudou no equilíbrio defensivo e, como é canhoto, jogou por fora. Ofensivamente também foi muito bem", disse.